Testeira

Vida equilibrada através do intestino! Faça deste órgão, seu aliado na luta contra os problemas da vida

Na coluna desta semana, Jamar Tejada fala sobre o poder do intestino no controle do estresse e equilíbrio da vida

JAMAR TEJADA Publicado quarta 18 novembro, 2020

Na coluna desta semana, Jamar Tejada fala sobre o poder do intestino no controle do estresse e equilíbrio da vida
O intestino é muito mais poderoso do que você imagina - Pixabay

Desconheço quem não reclame de estresse e as criaturas que não reclamam é porque conseguem admiravelmente viver numa bolha!

Independente de coronavírus, as loucuras do dia a dia deixam todos de cabelo em pé! Há quem olhe o problema do outro e ache “fraquinho” perto do seu, mas a verdade é só uma, Deus dá a cada um exatamente o fardo que ele pode carregar e graças ao fato de estarmos vivendo, os problemas existem. Só não os tem aqueles que já estão a 7 palmos abaixo da terra! 

Já parou para pensar nas diferentes realidades em que cada um vive? Vamos imaginar diferentes criaturas no mesmo período do dia: o almoço. 

Tem quem se estresse por ter que atravessar a cidade num trânsito louco para encontrar a amiga no seu restaurante preferido lá no fim do mundo, há quem se estresse por ter que ir no mercado fazer as compras e cozinhar para uma tropa de 5 filhos, tem quem se estresse por ter que dividir a mesa com aquele colega insuportável do trabalho, há quem se estresse porque o almoço do buffet não indica o que contém e o que não contém glúten, mas há também aquele que se estressa por não ter o que colocar na mesa para sua família -- cada um enfrenta sua realidade, cada um enfrenta de seu jeito, cada um sabe onde seu calo aperta!

+++ VEJA TAMBÉM: Homeopatia no tratamento antirrugas? Sim! A terapia reequilibra os minerais no organismo e atenua sinais do envelhecimento

ESTRESSE

Podemos viver situações de vida totalmente diferentes, afinal somos diferentes -- há situações nas quais uns acabam se estressando muito e outros levam a situação “numa boa”! 

Enquanto conseguirmos encarar os desafios da vida de forma orgânica, entendendo que tudo é um processo com início, meio e fim. Perfeito! O problema é  quando você sai da linha.

Quando a mais simples situação vira faísca em campo minado, quando o problema vai além daquilo que você acredita suportar e você acaba desmoronando no meio do caminho resultando em uma ansiedade exacerbada -- aquela de “trincar” os dentes, provocar insônia, depressão e até mesmo pânico -- sinalizando que alguma coisa não está  funcionando bem.

Mas o que podemos fazer para encontrar esse ponto de equilíbrio? Você não tem a varinha mágica para acabar com os problemas de sua vida, mas você pode melhorar a forma como os encara. Assim como você pode melhorar seu organismo para receber os problemas de forma mais light, diminuindo sua ansiedade e todos os problemas que vem com ela engatilhados.

Se eu lhe dizer que seu intestino pode ajudar a resolver seus problemas, você acharia estranho? 

INTESTINO: SEGUNDO CÉREBRO?

Esse órgão fascinante -- que se fossemos esticar ocuparia uma área de 250 metros quadrados, o equivalente a uma quadra de tênis que aloja trilhões de bactérias, boa parte delas envolvidas em processos cruciais ao organismo -- possui neurônios. 

+++ VEJA TAMBÉM: Adeus, TPM! Saiba quais fitoterápicos combatem desordem hormonal, promovem mais energia e aumentam a libido

Sim! Os mesmos neurônios que formam o nosso cérebro, cerca de 500 milhões de neurônios. Claro que o cérebro possui muito mais bilhões de neurônios, no entanto, a questão é que esses 500 milhões de neurônios são suficientes para criar um sistema nervoso próprio responsável por várias ações desde a liberação de enzimas digestivas até os movimentos peristálticos, que vão colocar para fora o bolo fecal.

Quer saber algo ainda mais incrível? Todo esse processo trabalha sozinho, não precisa do cérebro para dar ordens,  é um sistema independente, por isso que você já deve ter ouvido falar por aí que o intestino é nosso segundo cérebro!

Você agora está se perguntando: 'o que tem a ver esses neurônios do meu intestino com o meu estresse?' E a resposta é: 'tudo!'  Esses neurônios intestinais também são os responsáveis pela serotonina, o neurotransmissor do “bem-estar”, do relaxamento, que nos deixa mais serenos para enfrentarmos os problemas, que só foi descoberta  em 1937 por Vittorio Erspamer

Todo mundo pensa que a formação dos hormônios se dá exclusivamente pelo cérebro, na verdade, ele contém muito pouca serotonina em termos relativos -- cerca de 95% da serotonina é produzida no intestino -- e essa serotonina toda não é produzida só para te fazer mais relax. Entre todas as suas funções, uma das principais, é fazer com que o sistema digestivo funcione na linha. Triste e mal informado quem acha que o intestino só serve para fazer o número 2. Mais de 30 mensageiros químicos que garantem o funcionamento de nosso corpo são produzidos por ele, pelo menos é o que se sabe até hoje, devem existir muito mais.

O PODER DE UM INTESTINO EQUILIBRADO

Mas o que podemos fazer para que o intestino produza serotonina sem problemas? Aí que entra mais uma vez a importância de uma boa alimentação com muitas fibras, um prato colorido, variado e longe de gorduras trans e todas as toxinas de uma alimentação industrializada, pois estamos entrando em outro campo, o da saúde das nossas bactérias intestinais, da nossa flora intestinal -- conhecida como microbiota, dos trilhões de bactérias que se alojam no nosso ventre, mais de 100 trilhões de bactérias, sendo mais específico. 

+++ VEJA TAMBÉM: Probióticos podem combater do mau hálito ao câncer

Eles representam em torno de 2 a 3kg do nosso peso, porque essas bactérias produzem substâncias  que interferem diretamente nessa comunicação entre o sistema nervoso intestinal e o sistema nervoso cerebral. Comunicação essa,  que ocorre através de um nervo que conecta o intestino ao cérebro, o nervo vago, sem falar da importância delas na manutenção de nossa saúde, no expurgo das toxinas, na biotransformação das vitaminas e de tudo que for importante para o perfeito funcionamento dessa máquina incrível que é o nosso corpo! 

A questão é que no nosso intestino existem as bactérias do bem que vivem em perfeita simbiose com nosso corpo, nós damos a elas os nutrientes que elas precisam para sobreviver e elas retribuem fazendo o trabalho delas, digerindo alimentos e desintoxicando o nosso organismo, livrando-nos de infecções. 

No entanto, há também as que operam para o mal -- quando eu falo que mal, é mal mesmo -- pois essas bactérias desenvolvem toxinas que desequilibram todo o sistema, não só prejudicando a formação dos neurotransmissores do bem, mas geram toxinas que desenvolvem até mesmo o câncer e quanto mais errada e pró-inflamatória for sua dieta, mais você estará matando essas bactérias que operam a seu favor e mais estará fortificando essas bactérias do contra, prejudicando a formação no seu intestino, entre outros neurotransmissores, a da serotonina, te deixando mais irritado, cansado e estressado!  Entendeu a relação? 

Como eu disse, você não consegue mudar o mundo, os problemas ao seu redor, mas você pode mudar o mundo que existe dentro de você para enfrentar esses problemas! Enfrente-os desenvolvendo seu lado espiritual, desintoxicando seu corpo de toda negatividade através de práticas positivas,  promovendo a autoconsciência e  principalmente trate-se com respeito! Dê aquela força para seu organismo através da prática de exercícios físicos e da boa alimentação. Faça com que ele trabalhe a seu favor, fornecendo ele mesmo os medicamentos necessários para enfrentar essa loucura tão incrível que chamamos de vida! 

Jamar Tejada


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

ACESSEM OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+++ Camomila - muito mais que uma simples flor; seus benefícios para o organismo são inúmeros

+++ Pessoas negativas e o impacto na sua saúde mental, espiritual e física

 

Último acesso: 25 Nov 2020 - 05:06:32 (1043822).