A profundidade dos ensinamentos de Buda: obra clássica do budismo é traduzida para o português

Traduzido pela primeira vez do páli para o português, "Dhammapada" reúne a maior coletânea de provérbios do próprio Siddharta Gautama

Bons Fluidos Publicado sexta 6 agosto, 2021

Traduzido pela primeira vez do páli para o português,
Compreenda a filosofia budista da não-violência - Unsplash/ Dusan Jovic

Um livro que apesar de ter sido escrito há 2 mil anos ainda influencia o modo de vida das pessoas: Dhammapada, algo como “o caminho da virtude”, em páli. É a mais famosa obra clássica do budismo e a maior coletânea de provérbios do próprio Siddharta Gautama, o Buda.

São, ao todo, 423 aforismos que percorrem temas essenciais como mente, felicidade, afeto, raiva, sabedoria, efemeridades da vida e propósito.

+++ Karuna: entenda o que é este princípio e porquê segui-lo é fundamental para uma vida plena

“Embora uma (pessoa) seja vencedora sobre um milhão de homens em batalha, aquele homem que se conquista a si é o maior vencedor” (Dhammapada, p. 89)

A obra marca a estreia da Edipro no mercado editorial religioso, com uma nova tradução do texto completo do Dhammapada, diretamente do páli para o português. Outras versões já foram traduzidas e publicadas, mas partiram de edições francesas e inglesas. A tradução minuciosa e comentada foi feita pelo doutor e historiador José Carlos Calazans, em edição bilingue. Calazans preservou a profundidade das mensagens de Buda.

Por ser o texto budista mais conhecido e traduzido no mundo, a obra é essencial para quem quer iniciar na prática da religião. É, também, um dos escritos mais importantes na tradição teravada, a mais antiga escola do budismo, nascida na Índia e praticada por mais de 100 milhões de seguidores em todo o mundo.

+++ Poses do budismo: entenda o significado por trás de cada postura das estátuas de Buda

Siddharta Gautama (560 a.C.-480 a.C.), um príncipe que viveu na região da fronteira entre o Nepal e a Índia, e que aos 29 anos, segundo a tradição, abandonou tudo para viver na floresta. Buda reuniu uma legião de discípulos e, com a prática da meditação, alcançou o ápice religioso chamado Iluminação.

O budismo é a quarta religião mais praticada no mundo. São mais de 500 milhões de seguidores concentrados principalmente no Japão, China, Tibete e Tailândia. Estima-se que o Brasil tenha aproximadamente 245 mil budistas.


Sobre o autor: Siddhartha Gautama (por volta dos anos 560 a.C. – 480 a.C.), segundo a tradição, foi um líder religioso nascido no reino de Sakia, região então pertencente à Índia e que hoje faz parte do território do Nepal. É considerado o supremo Buda (título que indica um ser iluminado) e fundador do budismo.

Último acesso: 26 Oct 2021 - 20:15:14 (1045502).