comportamento   / Coronavírus

Estudo aponta que CoronaVac é segura e induz resposta imune em 97% dos voluntários

Artigo publicado na The Lancet apontou que a vacina chinesa é segura e pode fornecer proteção suficiente contra Covid-19. 

Bons Fluidos Publicado quarta 18 novembro, 2020

Artigo publicado na The Lancet apontou que a vacina chinesa é segura e pode fornecer proteção suficiente contra Covid-19. 
Revista científica publicou artigo sobre a eficácia da vacina chinesa - Pexels

Um estudo publicado na revista científica The Lancet, uma das mais prestigiadas do mundo, apontou que a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac é segura e ofereceu resposta imune em 97% dos voluntários. 

Os dados divulgados por meio de um artigo na última terça-feira, 17, mostraram que 97% dos 743 participantes do estudo desenvolveram imunidade contra o novo coronavírus 28  dias após a aplicação da vacina durante as fases 1 e 2 dos testes. 

+ VEJA TAMBÉM: Covid-19: vacina da Pfizer tem 90% de eficácia, afirma laboratório

Durante as duas primeiras fases de testes, centenas de chineses saudáveis entre 18 e 59 anos receberam duas doses da vacina enquanto a outra parte recebeu placebo. Na fase 1, foram 143 pessoas e na fase 2, 600. 

Os voluntários que receberam o imunizante foram divididos em 2 grupos, sendo: um grupo que recebeu uma dose baixa de 3 microgramas e o outro, recebeu uma dose maior, de 6 microgramas. O efeito colateral comum mais relatado pelos voluntários chineses foi dor no local da injeção.

"Em resumo, Coronavac foi bem tolerado e induziu respostas humorais contra SARS-CoV-2, o que apoiou a aprovação do uso de emergência de Coronavac na China e em três estudos de fase 3. A eficácia protetora do CoronaVac ainda precisa ser determinada", destacou o artigo da The Lancet.

+ VEJA TAMBÉM: Morte de voluntário da CoronaVac não tem relação com a vacina, mostra laudo

O estudo concluiu que a dose baixa da vacina é a mais indicada e a CoronaVac pode fornecer proteção suficiente contra Covid-19. 

A terceira fase, quando a vacina é aplicada em milhares de pessoas, ainda não foi avaliada. 
 

Último acesso: 25 Nov 2020 - 07:39:41 (1043823).