Cientistas encontram indício de vida em Vênus; estudo identificou a presença de gás possivelmente produzido por microorganismos

Um estudo publicado na Revista Nature mostrou a possível presença de vida em Vênus

Bons Fluidos Publicado segunda 14 setembro, 2020

Um estudo publicado na Revista Nature mostrou a possível presença de vida em Vênus
Pode haver vida em Vênus, segundo estudo feito por cientistas de universidades renomadas - Pixabay

Um estudo divulgado nesta segunda-feira, 14, pela Sociedade Astronômica de Londres e publicado na revista Nature, um dos periódicos científicos mais credíveis do mundo, mostrou que pode haver vida em Vênus. 

A pesquisa, realizada por cientistas ingleses, norte-americanos e japoneses de diversas universidades renomadas pelo mundo como MIT e Universidade de Cambridge, constatou a presença de um gás característico de locais onde há vida. 

+ VEJA TAMBÉM: Astronomia: cientistas da ESO descobrem galáxia similar à Via Láctea localizada a 12 bilhões de anos-luz

Os pesquisadores apontam que o gás fosfina encontrado na atmosfera do planeta Vênus pode ter sido produzido por algum ser vivo ou por processos naturais ainda desconhecidos pela ciência, no entanto, a notícia ainda é um mistério para a classe científica. 

A líder da pesquisa, Jane Greaves, disse em entrevista à CNN que os pesquisadores acreditam que microorganismos tenham produzido o gás na atmosfera, no entanto, estes seres provavelmente são difíceis de serem identificados e diferentes dos microorganismos encontrados na terra. 

Segundo Greaves, eles provavelmente são unicelulares e devem possuir alguma casca grossa para sobreviver em ambientes tóxico, já que a atmosfera de Vênus é praticamente inóspita por conta das altas temperaturas que podem chegar a 470°C. 


 

Último acesso: 21 Sep 2020 - 01:51:53 (1043420).