inspiracao   / Tesouro encontrado

Tesouro de 2,2 mil anos: Navio romano é encontrado com carga de vinho na Itália

Arqueólogos encontraram o tesouro romano nas profundezas do Mar Mediterrâneo

Bons Fluidos Publicado segunda 2 agosto, 2021

Arqueólogos encontraram o tesouro romano nas profundezas do Mar Mediterrâneo
O naufrágio carregava uma carga de vinhos de ânfora da época da Roma Antiga - Reprodução/Associação Europeia de Arqueólogos/Twitter

Um navio naufragado há milhares de anos foi encontrado nas profundezas do Mar Mediterrâneo no final do mês passado, no entanto, a descoberta ficou ainda mais interessantes depois que arqueólogos descobriram que o naufrágio carregava uma grande carga de vinhos datados da época da Roma Antiga (753 a.C. a 476 d.C.).

Um robô comandado pelo navio oceanográfico Calypso South, que pertence à Agência Regional para a Proteção do Ambiente da Sicília (Arpa), na Itália, foi fundamental na descoberta e desceu 92 metros de profundidade para realizar o feito.

+++ Teoria de Einstein é confirmada após astrofísicos descobrirem luz por trás de buraco negro

O equipamento localizou os restos do naufrágio e conseguiu fotografar imagens das garrafas de vinhos que, de acordo com especialistas, se tratam de vinhos de ânfora, feito a partir de um processo adotado há cerca de 2,2 mil anos. 

As autoridades da comuna italiana de Isola delle Femmine, próximo de onde o navio foi encontrado, chamou a descoberta de “um dos achados arqueológicos mais importantes feitos nos últimos anos".

+++ Halo solar: 'Arco-íris redondo' chama atenção no céu de Cancún; entenda o fenômeno

A descoberta acendeu ainda mais a curiosidade de entidades italianas de explorar as profundezas das águas ao redor do país a fim de extrair a história por trás dos naufrágios. "Agora saberemos mais sobre a vida a bordo e as relações entre as populações costeiras”, disse Valeria Li Vigni, superintendente do mar da Sicília ao jornal The Guardian. 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 21:15:33 (1045464).