inspiracao   / Coronavírus

Macacos recebem vacina experimental contra Covid-19 em zoológico dos EUA

O imunizante foi desenvolvido especialmente para animais pela empresa especializada Zoetis

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado terça 9 março, 2021

O imunizante foi desenvolvido especialmente para animais pela empresa especializada Zoetis
Primatas recebem vacina experimental contra Covid-19 em zoológico dos EUA - Flickr

Nesta última sexta-feira, 5, macacos do Zoológico de San Diego, na Califórnia, extremo oeste dos Estados Unidos, receberam duas doses de um imunizante contra a Covid-19, desenvolvido especialmente para animais pela empresa especializada Zoetis.

Das espécies que habitam o zoológico, foram vacinados quatro orangotangos e cinco bonobos. Estes nove animais configuram os primeiros primatas não humanos a serem protegidos contra o coronavírus.

VEJA: Vacina da Pfizer neutraliza variante brasileira da Covid-19, apontam testes

A preocupação em criar uma vacina especial para os macacos surgiu após oito gorilas do zoológico testarem positivo para o coronavírus em janeiro deste ano. Este foi o primeiro caso de transmissão da Covid-19 para macacos.

Uma vez que nós, seres humanos, compartilhamos mais de 95% dos genomas em comum com os macacos, foi necessário dar atenção a uma possível disseminação da doença que já matou mais de 2,6 milhões de pessoas no mundo entre os primatas.

+ VEJA: Número de vacinados contra a Covid-19 no Brasil chega a 8,1 milhões

Para a National Geographic, Nadine Lamberski, encarregada de conservação e saúde de animais selvagens da organização sem fins lucrativos San Diego Zoo Global e administradora do zoológico, afirmou: "Na minha carreira, eu nunca tive acesso a uma vacina experimental nesta etapa tão precoce do processo e nunca tive um desejo tão avassalador de usá-la".

Último acesso: 22 Oct 2021 - 10:41:44 (1044513).