Gênio? Brasileira de 9 anos entra para a sociedade dos mais inteligentes do mundo, nos Estados Unidos

A menina surpreendeu professores após apresentar um Q.I. acima da média e acabou convidada para fazer parte da Mensa

Bons Fluidos Publicado quarta 25 novembro, 2020

A menina surpreendeu professores após apresentar um Q.I. acima da média e acabou convidada para fazer parte da Mensa
Laura entrou para o grupo de pessoas mais inteligentes do mundo - Divulgação

A pequena Laura Büchele, de 9 anos, chamou a atenção da sociedade Mensa, nos Estados Unidos, após apresentar um Q.I. (Quociente de Inteligência) elevado e acabou sendo convidada para fazer parte do grupo seleto de pessoas inteligentes. 

A menina brasileira mudou-se há 3 anos para Orlando, na Flórida, e impressionou professores da escola onde estuda, nos Estados Unidos, por conta de sua esperteza e desenvolvimento nas aulas. Os professores logo recomendaram para que ela fizesse um teste de Q.I.

+ VEJA TAMBÉM: Jovem brasileira é aprovada pela NASA para fazer curso de astrofísica nos Estados Unidos

Mesmo pouco tempo depois de chegar ao país, ela não demonstrou dificuldade com o idioma -- como os alunos comuns apresentam -- e acabou sendo convidada pela sociedade dos gênios, após apresentar um Q.I. acima da média. 

Para fazer parte do grupo, é necessário apresentar um Q.I. superior a 130 e percentil acima de 99%. Laura atingiu139 pontos e um percentil de 99,5%, superando a exigência da sociedade. 

Segundo a mãe de Laura, Bruna Büchele, à CNN Brasil, até os 2 anos de idade a menina foi educada com livros, jogos e desenhos como as crianças comuns da idade dela, no entanto, a pequena começou a chamar a atenção dos familiares depois desta idade por conta do seu jeito comunicativo. 

+ VEJA TAMBÉM: Ranking das melhores cidades do mundo 2021 é revelado e tem cidades brasileiras na lista; confira

"Muitas pessoas que a  conheciam já diziam que ela falava diferente, frases completas, verbos na conjugação certa, isso com dois anos de idade. Uma vez perguntei como estava a comida, ela falou: a comida não está boa, está adorável! Não sei de onde ela tirava essas palavras e as pessoas já a classificavam como inteligentes”, disse a mãe. 
 

Último acesso: 20 Oct 2021 - 13:30:04 (1043866).