inspiracao   / Vacina tecnológica

Cientistas estudam possibilidade de desenvolver vacinas adesivas com mais eficácia que as tradicionais

Nova tecnologia possui uma resposta imune maior do que os imunizantes por agulha e seringa

Viva Saúde Publicado quinta 30 setembro, 2021

Nova tecnologia possui uma resposta imune maior do que os imunizantes por agulha e seringa
Alternativa de vacinação com mais eficácia que o método comum - Reprodução/UNC-Chapel Hill

A vacinação contra a COVID-19 pelo Brasil está acontecendo por meio de um recurso bem comum: a agulha e a seringa. Conforme os dados do Consórcio de veículos de imprensa, cerca de 68% da população já está com a primeira dose e 41% imunizada com as duas doses ou dose única. E em meio a imunização global, cientistas americanos estão estudando a possibilidade de uma vacina adesiva.

O estudo foi publicado no dia 28 de setembro na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, e constata que a resposta imune dessa inovação é 10 vezes maior do que a aplicada tradicionalmente por agulha e seringa no músculo do braço.

Clique aqui para ler a matéria completa no site da Revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 29 Nov 2021 - 03:32:42 (1045784).