gravidez   / Maternidade em tempos de pandemia

OMS divulga novas diretrizes da vacinação contra Covid-19 para gestantes; ginecologista comenta sobre o assunto

"Além da vacinação gerar uma forte imunização em gestantes, ainda é possível que essa imunização seja passada ao bebê", explicou a Dra. Thais Zeque

Viva Saúde Publicado terça 27 abril, 2021

OMS divulga novas diretrizes da vacinação contra Covid-19 para gestantes - Freepik

Gestantes, lactantes e puérperas estão prestes a entrar nos grupos prioritários de imunização contra a Covid-19. O Ministério da Saúde pretende seguir a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e incluí-las. Antes, a instituição priorizava gestantes com doenças prévias (como hipertensão, diabetes, doenças autoimunes, obesidade, asma grave, renal crônica, entre outras), agora, inclui também grávidas que não fazem parte do grupo de risco.

“As grávidas sem doenças prévias não eram citadas no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19. Agora, elas podem ser vacinadas após uma avaliação de riscos e benefícios, principalmente em relação às atividades desenvolvidas pela mulher. Devem ser avaliados os custos e benefícios, conversar com seu obstetra e manter os cuidados essenciais”, explica a ginecologista e obstetra Thais Zeque.

Para conferir quais gestantes foram elencadas como grupo de risco, CLIQUE AQUI e leia a matéria completa no site da revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 24 Jul 2021 - 05:31:19 (1044843).