gravidez   / Maternidade

Entenda porquê o primeiro banho do bebê é mais que uma limpeza; Confira 6 dicas que poderão te ajudar neste momento especial

Desmistifique o primeiro banho do recém-nascido e veja como esse pode se tornar um momento prazeroso e memorável

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado quarta 1 abril, 2020

Desmistifique o primeiro banho do recém-nascido e veja como esse pode se tornar um momento prazeroso e memorável
Confira 6 dicas que poderão te ajudar durante o primeiro banho do recém-nascido - Pixabay

Quando os filhos nascem, antes de chegarem até os braços da mãe, eles passam por um processo muito importante nas mãos de profissionais como enfermeiras neonatal e doulas: o primeiro banho! São elas as responsáveis por avaliar com um maior cuidado após o parto a estrutura física do bebê, enquanto a mãe se recupera do parto. O banho não é apenas uma questão de higienização, mas uma análise minuciosa da integridade da pele, dos movimentos, da existência de alterações anatômicas e do padrão respiratório do recém-nascido.

Essas profissionais também serão as responsáveis por passar seus conhecimentos básicos às mamães e papais de primeira viagem e orientá-los, para que, em casa, eles possam tomar todos os cuidados necessários durante o banho do filho. Vale lembrar que o banho é mais que uma simples limpeza, e sim um momento de conexão e troca afetiva entre pais e filho.

Confira agora algumas dicas que irão facilitar sua vida durante o banho do recém-nascido em casa.

1. Prepare o ambiente: feche as janelas e portas para evitar correntes de vento no local. Isso tornará o banho mais confortável. Para evitar machucados, retire anéis, relógio, pulseiras, brincos grandes, ou seja, adornos em geral.

2. Separe o material necessário: o indicado é que você redobre sua atenção e dedique seu tempo somente para o banho do bebê. Nunca se esqueça da importância deste momento. Por isso, separe os materiais que irá precisar antes de começar a lavagem, como banheira, sabonete com pH fisiológico, toalha aberta no trocador para receber o bebê molhado, toalha para envolvê-lo na limpeza do rosto e da cabeça, cotonetes para a higienização do coto umbilical, fralda, roupinha e escova de cabelo.

3. Temperatura da água: coloque água morna na banheira, algo entre 36°C e 37°C graus, o que corresponde a temperatura do corpo. A água deve alcançar a altura do umbigo do bebê deitado.

4. Primeiros passos: retire a roupinha do bebê com delicadeza. Ainda sem colocar o bebê na banheira, limpe gentilmente com um algodão umedecido em água morna os genitais do recém-nascido. Em seguida, envolva o corpinho em uma toalha para manter a temperatura agradável e lave o rostinho e a cabeça. Enxágue e seque.

5. O banho: finalmente, retire a toalha que envolve o corpinho e coloque o bebê na banheira, sem ansiedade. Segure-o pela axila, apoiando costas e pescoço. Passe o sabonete com pH fisiológico no tórax, braços, barriga, genitais, pernas e pés. Quando se sentir segura, vire o bebê para lavar as costas e o bumbum.

6. Secagem: tire o bebê da água e ponha-o sobre a toalha estendida. Seque-o e comece a vesti-lo pela peça de cima. Deixe o coto umbilical visível e seque sua base com o cotonete. Coloque a fralda e as roupinhas que faltam com toda a delicadeza.

Vimos que todo o processo não é tão fácil quanto parece, mas quando feito com cuidado, pode e deve ser extremamente prazeroso. Mantenha o contato visual e aproveite o momento!

Último acesso: 01 Jun 2020 - 09:21:22 (1042485).