Saiba o significado de 4 saudações budistas para você usar e demonstrar reverência de acordo com os ensinamentos de Buda

Conheça as principais saudações usadas por Buda e praticadas até hoje por seus seguidores

Bons Fluidos Publicado sexta 7 agosto, 2020

Conheça as principais saudações usadas por Buda e praticadas até hoje por seus seguidores
Conheça as saudações budistas mais tradicionais - Pexels/ Visionpic

As palavras têm poder e para a cultura budista as saudações representam uma maneira de demonstrar respeito e reverência a alguém. 

Buda fazia questão de exaltar a tradição da utilização de termos respeitosos entre os praticantes do budismo, por isso, é comum até hoje monges citarem termos para desejar sorte, bem-estar e vida antes ou depois de iniciar uma conversa. 

+ VEJA TAMBÉM: Amuletos da sorte: confira 5 talismãs poderosos capazes de atrair sucesso e fortuna, segundo crenças orientais

Para quem está na jornada em busca de maiores descobertas sobre o estilo de vida pregado por Buda precisa conhecer as saudações mais utilizadas no budismo:

Gasshō 

É uma palavra de origem japonesa e significa "mãos juntas". No budismo, aproximar as duas palmas das mãos durante uma saudação é uma demonstração de reverência, além de ser considerada um cumprimento de agradecimento para a tradição zen. 

Tashi Delek 

O termo é de origem tibetana e sua tradução está perto das palavras "auspiciosidade e bem-estar", em português. Esta saudação é comumente utilizada pelos budistas para desejar parabéns e desejos de boa sorte. 

Amituofo

"Amituo" significa Infinito e "Fo" significa Buda. Na cultura budista esta saudação de origem chinesa é empregada para desejar "Vida e Luz Imensuráveis". 

Namastê 

Embora o termo não seja de origem budista, mas de origem hinduísta. Namastê é uma das saudações mais utilizadas por adeptos dos ensinamentos de Buda e significa "eu saúdo a você", demonstrando respeito e reverência a quem ela é direcionada. 
 

Último acesso: 19 Sep 2020 - 12:46:46 (1043203).