''No caminho da fraternidade''; confira a mensagem do Papa Francisco para 54º Dia Mundial da Paz

Na data celebrada no dia 1º de janeiro, o religioso lembrou em seu texto dos mais afetados pela pandemia da Covid-19

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado quinta 31 dezembro, 2020

Na data celebrada no dia 1º de janeiro, o religioso lembrou em seu texto dos mais afetados pela pandemia da Covid-19
Confira a mensagem do Papa Francisco para 54º Dia Mundial da Paz - Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images

"Para todos formulo os melhores votos, esperando que o ano de 2021 faça a humanidade progredir no caminho da fraternidade, da justiça e da paz entre as pessoas, as comunidades, os povos e os Estados", começou o Papa Francisco em sua mensagem pelo 54º Dia Mundial da Paz, 

+ VEJA: Entrego, confio, aceito e agradeço: mantra criado por iogue brasileiro há anos ainda ecoa e gera esperanças para 2021

Para a data celebrada no dia 1º de janeiro, instituída em 1968 pelo papa Paulo VI, o líder religioso compartilhou com os fiéis suas sábias palavras a respeito do sentimento de irmandade que devemos ter, principalmente em tempos de Covid-19. No texto publicado pelo Vaticano no dia 17 de dezembro, Francisco ainda se mobilizou em relação às vítimas da pandemia, aos que perderam seus entes queridos e aos que dedicaram seus cuidados aos doentes.

"O ano de 2020 ficou marcado pela grande crise sanitária da Covid-19, que se transformou num fenômeno plurissetorial e global, agravando fortemente outras crises interrelacionadas como a climática, alimentar, econômica e migratória, e provocando grandes sofrimentos e incómodos", disse.

+ VEJA: 17 de dezembro - Aniversário do Papa Francisco; confira alguns recados enviados ao religioso

"[...] Penso, em primeiro lugar, naqueles que perderam um familiar ou uma pessoa querida, mas também em quem ficou sem trabalho. Lembro de modo especial os médicos, enfermeiras e enfermeiros, farmacêuticos, investigadores, voluntários, capelães e funcionários dos hospitais e centros de saúde, que se prodigalizaram - e continuam a fazê-lo -, com grande fadiga e sacrifício, ao ponto de alguns deles morrerem quando procuravam estar perto dos doentes, a fim de aliviar os seus sofrimentos ou salvar-lhes a vida", completou.

A questão econômica também foi colocada em cheque pelo pontífice. O papa clamou para que políticos e empresários adotem medidas que possibilitem o acesso da vacina contra a Covid para toda a população, além de tecnologias essenciais necessárias para prestar assistência aos doentes, frágeis e aos mais pobres.

+ VEJA: Proteja-se espiritualmente durante as férias com essa oração poderosa para evitar acidentes das viagens

"É doloroso constatar que, infelizmente, junto com numerosos testemunhos de caridade e solidariedade, várias formas de nacionalismo, racismo, xenofobia e mesmo guerras e conflitos que semeiam morte e destruição estão a ganhar novo impulso [...] "Encorajo todos a se tornarem profetas e testemunhas da cultura do cuidado, para preencher tantas desigualdades sociais".

Para ler a mensagem do Santo Padre Francisco completa no site oficial da Santa Sé, basta clicar aqui.

Último acesso: 06 Mar 2021 - 13:50:26 (1044090).