comportamento   / Antirracismo

Você viu que os artistas estão postando uma imagem preta nas redes sociais? Entenda o que é o movimento 'Blackout Tuesday'

O protesto virtual desta terça-feira, 2, foi aderido por grande parte da comunidade artística mundial

Redação Bons Fluidos Publicado terça 2 junho, 2020

O protesto virtual desta terça-feira, 2, foi aderido por grande parte da comunidade artística mundial
Blackout Tuesday: entenda o movimento que os artistas aderiram - Acervo pessoal

As redes sociais amanheceram nesta terça-feira, 2, repletas de imagens pretas, postadas por artistas de todo o mundo.

Os posts, que desde cedo tomaram conta de todas as plataformas, se tratam de um movimento virtual contra o racismo e a desigualdade racial, chamado Blackout Tuesday (terça-feira do apagão, em tradução livre). 

A iniciativa tem como proposta interromper as atividades diárias para mostrar apoio a toda a comunidade negra.

ENTENDA

Os protestos começaram por todos os EUA na semana passada após a morte de George Floyd, asfixiado por um policial branco em uma abordagem, e tomaram conta do mundo todo.

O movimento virtual em questão, começou na indústria fonográfica com nomes importantes aderindo à hashtag #theshowmustbepaused (o show deve parar) -- uma adaptação à famosa frase "o show deve continuar".

Com tantas discussões sobre o racismo em pauta, a ideia é que neste dia de protesto, todos se "desconectem do trabalho para se reconectarem à comunidade".

Artistas mundialmente conhecidos como Elton John, Rihanna, Cardi B, Michael B. Jordan, entre tantos outros, fizeram questão de se posicionar a favor do movimento.

Para homenagear Floyd, o Spotify, por exemplo, ficará 8 minutos e 43 segundos sem reprodução nenhuma de áudio em referência ao tempo em que a vítima permaneceu asfixiada pelo policial em Minneapolis.

Último acesso: 09 Jul 2020 - 15:00:04 (1042822).