Você sabia? É possível eternizar entes queridos transformando suas cinzas em diamante

O diamante feito à partir das cinzas é uma forma de eternizar a pessoa que morreu

Bons Fluidos Publicado sexta 1 outubro, 2021

O diamante feito à partir das cinzas é uma forma de eternizar a pessoa que morreu
Entenda como funciona o processo de transformar cinzas de pessoas cremadas em um diamante - Unsplash/ Ringquist

O luto é um período muito difícil que milhões de pessoas experimentam todos os anos quando alguém muito importante em suas vidas para o outro plano. 

Muitas famílias optam por cremar o corpo ao invés de enterrá-lo. Desta forma é possível guardar as cinzas em casa e manter por perto a lembrança da pessoa que se foi.

Em outros casos, as famílias jogam as cinzas em um local especial para o ente que faleceu, no entanto, uma outra maneira de eternizar pessoas importantes que se foram está ganhando espaço: transformar as cinzas em diamantes.

+++ Natureza surpreendendo! Deserto mais seco do mundo, o Atacama, está repleto de flores 

Depois do oxigênio, o carbono é o material do qual nossos corpos são compostos. Como os diamantes também são feitos de carbono, transformar cinzas em diamantes é uma façanha relativamente alcançável com belos resultados.

Ao longo dos anos, os pesquisadores desenvolveram vários métodos interessantes para transformar as cinzas dos mortos em diamantes. Esse pequeno ato ajuda as pessoas a manterem seus entes queridos por perto: não apenas em suas memórias, mas também no dia a dia, já que os diamantes podem virar um lindo anel.

Para realizar esta transformação, as amostras de cinzas são analisadas primeiro para verificar suas propriedades químicas. Como países, culturas e religiões têm processos diferentes para lidar com a cremação, esta etapa é necessária para analisar os restos mortais e sua composição.

+++ Fóssil de espécie ancestral de baleia de quatro pernas é encontrado no Egito

Antes de fazer qualquer alteração química essencial nas cinzas, os elementos não-carbono (como os sais) são separados. Este processo de limpeza inicial garante que apenas diamantes de alta qualidade sejam formados com quase 99% de composição de carbono.

Ao transformar cinzas em diamantes, a pedra preciosa final pode ser de muitas cores diferentes. Do verde-amarelo e vermelho ao azul e ao branco clássico. Os diamantes de cremação podem ser muito mais personalizados do que um diamante extraído. 

Último acesso: 29 Nov 2021 - 18:12:10 (1045787).