comportamento   / Coronavírus

Primeiro caso grave de Covid-19 no Brasil deixa o hospital após 105 dias internada

A paciente do Distrito Federal foi a primeira a ter o diagnóstico grave da Covid-19 no país

Bons Fluidos Publicado quarta 17 junho, 2020

A paciente do Distrito Federal foi a primeira a ter o diagnóstico grave da Covid-19 no país
A mulher de 52 anos ficou mais de três meses internada e respirou com ajuda de aparelhos - Reprodu/ G1

Depois de lutar pela vida por mais de três meses, uma mulher de 52 anos deixou um hospital particular no Distrito Federal nesta terça-feira, 16, onde ficou internada desde que foi diagnosticada com a Covid-19. 

A mulher foi a primeira paciente a ficar em estado grave com a doença no país e felizmente recebeu alta para se recuperar em casa, de acordo com informações do Hospital Brasília, onde ela foi internada no dia 18 de abril. 

+ VEJA TAMBÉM: Internada desde o nascimento, bebê de 1 mês diagnosticada com Covid recebe alta em Volta Redonda, RJ

+ VEJA TAMBÉM: Coronavírus: estudo indica qual tipo sanguíneo tem menos e qual tem mais chance de desenvolver o tipo grave da Covid-19

Ela ficou quase três meses na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital e precisou realizar uma cirurgia na traqueia, além de ter respirado com a ajuda de aparelhos durante seu período de internação. 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, a mulher apareceu abatida, mas sorriu com os olhos, ao deixar o hospital em uma maca e sob aplausos dos funcionários do local.  

De acordo com o G1, a mulher, que não teve seu nome revelado é no grupo de risco e tem problemas de saúde que se agravaram depois do diagnóstico do novo coronavírus. 
 

Último acesso: 05 Aug 2020 - 13:31:25 (1042907).