Nutricionista lista os 7 melhores alimentos para quem sofre com rinite alérgica

Patrícia Leite deu dicas de como aliviar a rinite através da alimentação saudável

Bons Fluidos Publicado quarta 17 fevereiro, 2021

Patrícia Leite deu dicas de como aliviar a rinite através da alimentação saudável
Nutricionista lista dicas para combater rinite alérgica - Pexels

A rinite alérgica é uma doença crônica não grave que afeta uma grande parte da população e em tempos de pandemia, o problema se torna ainda mais incômodo e gera confusões. 

Embora ainda não haja cura ou um tratamento certeiro, a alimentação pode ser um aliado para minimizar os sintomas e melhorara a qualidade de vida de quem convive com alergias respiratórias. 

+ VEJA TAMBÉM: Dermatologista explica benefícios do colágeno oral para a saúde da pele

Em um vídeo gravado para seu canal no YouTube, a nutricionista Patrícia Leite destacou quais alimentos melhoram o organismo e evitam as crises de rinite:

Açafrão-da-Terra

Segundo a profissional, diversos estudos comprovam os benefícios da cúrcuma para inúmeras áreas da saúde, especialmente para processos alérgicos: "Há estudos realizados em ratos que mostraram que a cúrcuma ajuda a diminuir o inchaço e o edema das regiões respiratórias. Por isso é interessante acrescentar ela na alimentação". 

Ômega 3 (peixes, chia e linhaça)

Embora o ômega três não seja um alimento, ele está presente em peixes gordos como atum e salmão, além de sementes como a linhaça. Segundo Patrícia, este nutriente é um potente anti-inflamatório que ajuda a melhorar a modulação de resposta alérgica. "Pessoas que tem uma maior concentração de epa, que é uma das gorduras que está presente no ômega 3, têm menores níveis de alergia", disse.

Frutas cítricas, pimentão e tomate

Alimentos ricos em vitamina 3 ajudam a melhorar a rinite alérgica e irritação no trato respiratório superior, destacou Patrícia Leite. 

+ VEJA TAMBÉM: Dieta mediterrânea pode melhorar funções cognitivas, sugere estudo

Kefir

Segundo a nutricionista, o kefir é um alimento potente para a imunidade e também um anti-inflamatório natural: "Além de ser uma colonia de bactérias e leveduras benéficas, ele ajuda a recolonizar o trato digestivo e melhora a resposta imunológica inflamatória". 

Cebola

"Este alimento tem um antioxidante muito interessante que se chama quercetina, que acaba sendo um anti-histamínico, um anti-alérgico natural", destacou a nutri. A cebola roxa é ainda mais recomendada do que a convencional porque possui mais quercetina em sua composição.

Gengibre

De acordo com Patrícia, o gengibre atua melhorando o inchaço das vias respiratórias e sintomas relacionados as alergias respiratórias. Ele pode ser consumido em sucos. 

Pólen

"O pólen é anti-inflamatório e inibe a ativação dos mastócitos, que são uma etapa crucial no processo da cascata de inflamação e da reação alérgica", finalizou.

Último acesso: 04 Mar 2021 - 15:13:22 (1044387).