Não durma perto do celular - suas radiações são realmente perigosas; Saiba mais

Especialistas indicam que o aparelho deve estar a pelo menos um metro de distância do nosso corpo enquanto dormimos

Viva Saúde Publicado segunda 5 outubro, 2020

Especialistas indicam que o aparelho deve estar a pelo menos um metro de distância do nosso corpo enquanto dormimos
Não durma perto do celular - suas radiações são realmente perigosas; Saiba mais - Freepik / diana.grytsku

Atualmente vivemos hiperconectados e passamos praticamente o dia inteiro ligados nas redes sociais, mensagens e sites! Por isso, de noite, quando o cérebro começa a reduzir a sua atividade, e principalmente na hora de dormir, é muito importante ficar longe das tecnologias e, principalmente do celular.

Se você é uma das muitas pessoas que têm o hábito de dormir perto desse aparelho, saiba que isso pode estar causando muitos problemas (imperceptíveis, inicialmente) em sua saúde.

As radiações presentes nos smartphones são realmente perigosas e nada aconselháveis. Isso em qualquer hora do dia, porém, quando estamos dormindo, podem influenciar em pesadelos, insônia e, no ato de acordarmos várias vezes durante a noite, além de outras consequências.

Clique aqui para conferir a matéria completa no site da revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 08 Mar 2021 - 05:39:09 (1043559).