comportamento   / Solidariedade

Motoboy humilhado ganha emprego em agência de marketing e recebe vaquinha online de R$ 197 mil

Internautas organizaram uma vaquinha online para o motoboy humilhado por morador de condomínio de luxo

Bons Fluidos Publicado quarta 12 agosto, 2020

Internautas organizaram uma vaquinha online para o motoboy humilhado por morador de condomínio de luxo
Matheus Pires teve sua vida tranformada após episódio revoltante - Instagram/ Twitter

Um entregador de aplicativo humilhado por um morador de condomínio de alto padrão em Valinhos, no interior de São Paulo, teve sua vida transformada após o episódio comover o Brasil. 

O vídeo no qual Matheus Pires apareceu sendo atacado por ofensas racistas quando fazia uma entrega circulou a internet nas últimas semanas e desencadeou atos de solidariedade em favor do motoboy. 

+ VEJA TAMBÉM: Após ser humilhado por cliente, vendedor recebe R$ 108 mil em doações em vaquinha online

A repercussão foi tanta que internautas organizaram uma vaquinha online para Matheus, que arrecadou R$ 197 mil e ganhou duas motos, doadas pelo apresentador Luciano Huck e o humorista Matheus Ceará. 

Além dos presentes, o jovem de 19 anos recebeu uma oferta de emprego proposta por uma agência de publicidade em São Paulo e já coleciona mais de dois milhões de seguidores em sua conta no Instagram. 

Já o ofensor, o contabilista Mateus Abreu Prado Couto, está respondendo na justiça um processo por injúria racial e segundo a família, ele sofre de transtornos psiquiátricos. 
 

Último acesso: 24 Nov 2020 - 05:53:26 (1043227).