Menino de 12 anos descobre fóssil de dinossauro durante passeio: ''Fiquei em choque''

Nathan encontrou um osso de um hadrossauro; estima-se que o fóssil tenha 69 milhões de anos

Bons Fluidos Publicado sexta 16 outubro, 2020

Nathan encontrou um osso de um hadrossauro; estima-se que o fóssil tenha 69 milhões de anos
Fóssil encontrado por Nathan era de um hadrossauro - Reprodução/ Nature Conservancy of Canada

Nathan Hrushkin de apenas 12 anos estava passeando em um parque na província de Alberta, no Canadá, quando avistou ossos de um dinossauro de 69 milhões anos. 

Ele e o pai andavam na unidade de conservação do parque em julho deste ano, quando a situação inusitada aconteceu, mas paleontólogos finalizaram a escavação do fóssil apenas na última quinta-feira, 15. 

+ VEJA TAMBÉM: Estudantes cearenses desenvolvem sensor de movimentos para cegos a partir de capacete de construção civil

Após visualizar o fóssil, o garoto e o pai voltaram para casa e entraram em contato com o Museu Real Tyrrell, em Alberta. O museu se dedica ao estudo de itens pré-históricos e após receber a notícia pediu fotos e informações sobre a localização do osso. 

O garoto, que é fã de dinossauros, contou em entrevista à BBC Internacional que "ficou em choque" ao encontrar o fóssil. "Literalmente sem palavras", descreveu Nathan. 

Após meses de escavação, cientistas retiraram o fóssil do local e concluíram que se trata de um hadrossauro jovem, um dinossauro herbívoro e semi-bípede que viveu no fim do período Cretáceo. 

"O achado de Nathan e Dion nos ajudará a preencher essa grande lacuna em nosso conhecimento da evolução dos dinossauros", disse o curador do museu, François Therrien, em um comunicado.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Nature Conservancy of Canada (@ncc_cnc) em

Último acesso: 26 Oct 2020 - 16:28:59 (1043633).