Isolados, Testemunhas de Jeová mantém trabalhos de evangelização por ligações e mensagens de Whatsapp

Sem poder sair às ruas, Testemunhas recorrem à internet para continuar espalhando a mensagem de Jeová

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado quinta 7 maio, 2020

Sem poder sair às ruas, Testemunhas recorrem à internet para continuar espalhando a mensagem de Jeová
Testemunhas de Jeová mantém trabalhos de evangelização online - Wikimedia Commons

Socialmente bem vestidos, com a Bíblia em mãos, passando de casa em casa para compartilhar a palavra divina. Assim são vistas, muitas vezes, as Testemunhas de Jeová.

Os religiosos de denominação cristã que seguem Jesus Cristo e adoram exclusivamente a Jeová têm como missão espalhar pessoalmente os ensinamentos da Bíblia Sagrada através do trabalho de evangelização, que pode acontecer aos domingos de manhã na porta de sua casa (o chamado "trabalho de campo"), ou em espaços públicos, onde se posicionam para distribuir impressos gratuitos com os ensinamentos religiosos.

Com a chegada da pandemia do coronavírus e, consequentemente, sem poder sair às ruas, as Testemunhas de Jeová precisaram se adaptar aos meios de comunicação alternativos. O jeito foi recorrer ativa e rapidamente à tecnologia.

Segundo o portal TAB, do UOL, que conversou com Andre Vieira, porta-voz dos Testemunhas de Jeová do Estado de São Paulo, os Salões do Reino, ou espaços de congregação dos religiosos, fecharam suas portas desde o dia 20 de março. Os encontros agora são feitos através de videochamadas, principalmente pelo aplicativo Zoom. Além disso, os trabalhos físicos de pregação precisaram ser suspensos.

Andre explicou que a palavra está sendo passada através de ligações de celular e mensagens de WhatsApp enviadas para números aleatórios.

Unidos, os 800 mil Testemunhas de Jeová que residem no Brasil, responsáveis por formar mais de 12 mil congregações espalhadas por todo o país, tem como missão primordial respeitar a quarentena e fornecer consolo à população. "Essa pandemia acabou afetando a vida de muitos de uma forma inesperada, fazendo com que as pessoas ficassem isoladas e sozinhas. A Bíblia nos ajuda muito a lidar com esses problemas", afirmou Andre ao portal.

Mais sobre a crença das Testemunhas de Jeová:

O nome “Testemunhas de Jeová” surge a partir de um trecho bíblico no qual Jeová pede aos fiéis que sejam suas testemunhas e que preguem suas doutrinas. Os membros do movimento surgiram por volta de 1870, na Pensilvânia, Estados Unidos, a partir dos ensinamentos do ministro cristão Charles Russel, que formou seu grupo de estudos independente, originando o movimento à parte.

Não existe hierarquia entre as Testemunhas de Jeová. Todos os fiéis possuem funções semelhantes e têm como missão crer na palavra de Deus e dividir os ensinamentos com o próximo.

Último acesso: 09 Jul 2020 - 14:36:38 (1042681).