Garimpeiro vira milionário da noite para o dia após encontrar pedras de Tanzanita

Um homem da Tanzânia encontrou duas peças gigantes de uma pedra preciosa

Bons Fluidos Publicado sábado 27 junho, 2020

Um homem da Tanzânia encontrou duas peças gigantes de uma pedra preciosa
Homem da Tanzânia encontrou pedras precisas gigantes - Reprodução/ Filbert Rweyemamu/ AFP

Após anos trabalhando arduamente como minerador independente, um homem de 52 anos da Tanzânia, país localizado na África Oriental, teve seu trabalho recompensado após encontrar pedras gigantes de Tanzanita. 

Sininiu Kuran Laizer econtrou as rochas preciosas nas montanhas de Mererani, ao norte do país próximo ao monte Kilimanjaro, e vendeu as pedras de 9,27kg e 5,1kg ao governo por 7,7 bilhões de xelins, o equivalente a 3,4 milhões de dólares (R$ 18 milhões). 

A tanzanita, pedra encontrada pelo minerador, possui uma mistura de cores azul e púrpura, e é um tipo de pedra preciosa bastante cobiçada para exportação em regiões na Índia. 

Laizer contou à imprensa local que pretende investir o dinheiro que recebeu na construção de uma escola para crianças da comunidade onde vive, no distrito de Simanjiro, em Manyara.

+ VEJA TAMBÉM: Fascinante! Aventureiros descobrem piscina natural intocada em caverna nos Estados Unidos

O ministro da Mineração da Tanzânia, Doto Biteko, organizou uma cerimônia de comemoração pela descoberta de Laizer e revelou que as pedras são as maiores já encontradas no país, Doto também anunciou no Twitter que as peças ficarão guardadas no acervo do museu nacional. 

Embora a conquista do minerador tenha orgulhado o país, em 2018, o presidente John Magufuli pediu ao exército que construísse um muro em volta do local onde a pedra foi encontrada para evitar que houvessem exportações ilegais de tanzanita, que só são encontradas naquela região, na época, Maguguli estimou que 40% da produção de tanzanita do país era contrabandeada. 
 

Último acesso: 07 Jul 2020 - 12:20:45 (1042967).