Deixe transbordar! Guardar emoções colabora para o desenvolvimento de doenças, diz psicóloga

Psicóloga explicou como extravasar as frustrações pode ser mais saudável do que contê-las

Bons Fluidos Publicado quarta 12 agosto, 2020

Psicóloga explicou como extravasar as frustrações pode ser mais saudável do que contê-las
Saiba porquê guardar sentimentos ruins é prejudicial à saúde mental e física - Pexels/ Andrea Pacquadio

Extravasar o estresse, frustração, tristeza e outros sentimentos angustiantes pode ser terapêutico e mais benéfico do que interioriza-los, segundo psicóloga. 

Muitas pessoas acabam contendo emoções devastadoras provenientes de experiências ruins, no entanto, a longo prazo, este hábito pode causar problemas fisiológicos, além de desequilíbrios mentais.

"Chorar e gritar são formas saudáveis de colocar o estresse e a frustração para fora", destacou a psicóloga Olga Inês Tessari.

De acordo com Olga, uma vez que os sentimentos são contidos, "eles podem se traduzir em diversos sintomas físicos, como dores musculares, insônia, problemas digestórios, alergias na pele, entre outros problemas". 

+ VEJA TAMBÉM: Depressão durante isolamento? Psicóloga dá dicas de como manter a saúde mental em dia durante a quarentena

Quando uma pessoa não tem estrutura mental para lidar com as frustrações, muitas vezes, extravasa-las - sem prejudicar ninguém - é a melhor escolha, por isso, o acompanhamento de uma terapeuta é fundamental para que experiências ruins não sejam interiorizadas. 

Muitas vezes, uma conversa com uma psicóloga ou o famoso "desabafo" com um amigo bom ouvinte revigora os sentimentos e ajuda a deixar para trás o que precisa ficar no passado. Então, não sinta vergonha de chorar como um bebê diante de uma situação frustrante, mas siga em frente depois de transbordar os sentimentos.
 

Último acesso: 21 Sep 2020 - 02:29:57 (1043229).