Conheça a história da paratleta que perdeu as pernas ao ser presa em bomba pelos pais

Haven Shepherd perdeu as pernas na infância durante explosão provocada por seus pais em uma tentativa de suicídio familiar

Bons Fluidos Publicado sexta 27 agosto, 2021

Haven Shepherd perdeu as pernas na infância durante explosão provocada por seus pais em uma tentativa de suicídio familiar
Conheça a história da paratleta norte-americana Haven Shepherd - Reprodução/ Instagram/ @havenfaithshepherd

Haven Shepherd é uma das paratletas incríveis que está representando seu país nas Paralimpíadas de Tóquio, no Japão -- que começou nesta terça-feira, 24. No entanto, não é apenas o talento da nadadora dos Estados Unidos que vem chamado atenção; sua história de vida é uma das mais impressionantes e inspiradoras das Paralimpíadas. 

Shepherd perdeu as pernas quando tinha 14 anos ao ser presa em uma bomba pelos seus próprios pais. Ela conta que sua família tentou realizar um suicídio coletivo porque ambos tinham relacionamentos extraconjugais e chegaram à conclusão de que deveriam morrer juntos se não pudessem viver em um relacionamento. 

+++ Tudo na vida é aprendizado! Psiquiatra extrai 3 lições para tirarmos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Os pais de Shepherd então se prenderam a uma bomba junto à filha e morreram na explosão. Ela, no entanto, foi a única que sobreviveu, mas perdeu as duas pernas. Mesmo diante do trauma, a jovem disse que não guarda mágoas dos pais biológicos. 

Seis meses após vivenciar este grande trauma, a menina pré-adolescente na época, foi adotada por Rob e Shelly Shepherd, que tornaram-se sua família. O casal cuidou de Haven até ela se tornar uma paratleta de sucesso nos Estados Unidos. 

Com apenas 18 anos, a competidora está representando seu país nas Paralimpíadas de Tóquio e deve concorrer à medalha de ouro nos 100m peito e 200m medley individual. Ela afirma, no entanto, que já se sente grata por poder participar da competição: "Se eu deixar Tóquio com a cabeça erguida, isso vale mais para mim do que uma medalha de ouro". 

+++ É ouro! Ítalo Ferreira começou surfando em tampa de isopor do pai pescador no RN

Haven também deixou claro que deixou para trás qualquer ressentimento e que sua vida é outra desde os 14 anos: "Essa é uma vida que eu nunca vivi. Não me lembro, só perdi as pernas, poderia ter perdido a vida".

 

Último acesso: 22 Oct 2021 - 10:07:34 (1045634).