comportamento   / Cuidados com as crianças

Como a obesidade infantil pode afetar o aprendizado escolar dos mais novos? Psicopedagoga responde

Mesmo que os estigmas não sejam sempre comparados ao bullying, a representatividade é um papel na segurança e confiança da criança obesa

Viva Saúde Publicado quinta 19 agosto, 2021

Mesmo que os estigmas não sejam sempre comparados ao bullying, a representatividade é um papel na segurança e confiança da criança obesa
Como a obesidade infantil pode afetar o aprendizado escolar dos mais novos? Psicopedagoga responde - Freepik / rawpixel.com

Um fato conhecido por muitos é que a obesidade pode desencadear diversos problemas de saúde como diabetes, problemas cardíacos e até câncer. Mas você sabia que a obesidade infantil está relacionada a um desempenho acadêmico preocupante das crianças? 

Além de fatores socioeconômicos, estudos indicam que o mau desempenho acadêmico está também relacionado à autoestima. O fato da criança se ver ou não com excesso de peso está ligado potencialmente ao aprendizado. Sinais de ansiedade, tristeza e solidão também foram analisados no estudo, indicando que os estudantes acima do peso apresentam mais dificuldades emocionais e consequentemente, afetam as notas escolares. As informações são da psicopedagoga Luciana Brites.

Não fica claro, porém, que a obesidade por si só é motivo para as crianças terem problemas emocionais. O que se entende é que as “consequências” de estar acima do peso, acabam trazendo sofrimento. O bullying e a estigmatização prejudicam a interação social, causando tristeza e determinando, em alguns casos, que as crianças mudem seus hábitos alimentares de forma inadequada para satisfazer um grupo social e ser vista com outros olhos. Esses sentimentos, obviamente, podem inibir a participação dos estudantes em aula e consequentemente, atrapalhar o desempenho escolar.

Para ler a matéria completa, CLIQUE AQUI e acesse ao site da revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 26 Oct 2021 - 18:01:40 (1045590).