Testeira
  coluna-marina-repetto   / Vamos falar sobre conexão?

Tecnologia: Uma linha tênue com prós e contras no nosso cotidiano

Na coluna desta semana, Marina Repetto alerta: "Ao mesmo tempo que a internet conecta pessoas que estão distantes, ela pode afastar as que estão por perto"

MARINA REPETTO Publicado sexta 22 outubro, 2021

Na coluna desta semana, Marina Repetto alerta:
Ao mesmo tempo que a internet conecta pessoas que estão distantes, ela pode afastar as que estão por perto - PEXELS

Nos últimos anos, cada vez mais, estamos ligados à tecnologia e às facilidades que ela nos proporciona. Muitos de nós, e isso inclui crianças e adultos, nos tornamos totalmente dependentes dessas ferramentas para suprir as necessidades do nosso dia a dia. São inquestionáveis as vantagens que a tecnologia proporciona, no entanto, devemos estar atentos ao quanto elas podem ser prejudiciais ao nosso desenvolvimento como seres humanos.

É sabido que estar ligado constantemente a aparelhos eletrônicos, internet e redes sociais, pode desencadear problemas físicos, como visão alterada, insônia, sedentarismo, entre outros. Porém, o mais preocupante em relação ao uso desenfreado, são os reflexos nas relações e na nossa mente. O excesso de informação disponível tem relação direta com desenvolvimento de ansiedade, desconcentração, estresse e questionamentos que devido ao excesso de conteúdo, não conseguimos processar.

+++ Síndrome do Pânico: Meu relato e percepções sobre uma fase extremamente difícil

Eu uso internet diariamente, até porque preciso me comunicar com meu público, através das redes sociais. Porém, desde que passei a ser uma usuária contínua, procurei dosar minha utilização com outras atividades que me fazem estar presente, consciente e principalmente a ser seletiva em relação aos conteúdos que consumo, afinal, alimento não é apenas sobre o que se come.

Volto a dizer que para estar em conexão e transmitirmos o nosso melhor, necessitamos de um tempo só para nós. Praticar o autoconhecimento traz benefícios internos, que transparecem e tornam mais leve a nossa existência. Por muitas vezes, quando focamos muito do nosso tempo no uso das tecnologias, seja para qual finalidade for, deixamos de prestar atenção em elementos que são essenciais para nossa vida, como a auto observação, a presença e a atenção no momento presente.

O mundo moderno nos traz imensas possibilidades, mas também muita informação desnecessária. Infelizmente, a internet e alguns outros meios de comunicação não possuem esse filtro do bom e do ruim, e muitas vezes temos que encontrá-lo sozinhos e até compartilhar com as pessoas ao nosso redor, para não sermos contaminados com alguns males que o mundo moderno proporciona.

+++ Porque temos tanta dificuldade de nos concentrar para meditar e como podemos melhorar?

Ao mesmo tempo que a internet conecta pessoas que estão distantes, ela pode afastar as que estão por perto. Nota-se cada vez mais como o excesso de uso das redes sociais torna as pessoas individualistas e solitárias, uma vez que passam a interagir cada vez menos no meio em que vivem e fazem comparações com mundos que muitas vezes são irreais. É preciso estar atento e alerta, pois, estamos constantemente comparando os nossos bastidores com o palco de vidas alheias, e isso gera muita frustração.

Essa reflexão é muito válida, pois precisamos assumir a responsabilidade do que estamos trazendo para a nossa vida. Existe uma grande diferença entre estar informado e de se sobrecarregar de informações que pouco nos acrescentam.

É uma decisão pessoal a maneira como utilizamos o nosso tempo e o quanto nos dedicamos a cuidar da nossa saúde mental, selecionando o que entra no nosso mundo e o que sai dele.


Muito tem se falado sobre a importância do autoconhecimento... Mas como chegamos a ele? A essa resposta que Marina Repetto, nutricionista (do corpo e da alma) e especialista em Ho'oponopono, nos guiará em sua mais nova coluna aqui na Bons Fluidos Digital todas as sextas-feiras, às 12h.

Último acesso: 02 Dec 2021 - 00:48:06 (1045899).