Testeira
  coluna-marina-repetto   / Autoconhecimento é o caminho

Autocobrança: como descobrir o nosso limite?

Na coluna desta semana, Marina Repetto deixou claro que 'de todas as formas de cobrança, a que mais machuca e castiga é a que exercemos sobre nós mesmos'

MARINA REPETTO Publicado sexta 24 setembro, 2021

Na coluna desta semana, Marina Repetto deixou claro que 'de todas as formas de cobrança, a que mais machuca e castiga é a que exercemos sobre nós mesmos'
É preciso trabalhar a confiança e acreditar que sempre estaos onde precisamos estar - Freepik/ pch.vector

Estamos vivendo um mundo de extrema cobrança. Isso se vê na vida pessoal, no aspecto profissional, nas relações entre pessoas. Todas as mudanças constantes que a humanidade vive, gera em cada um de nós uma busca pela perfeição e isto pode levar a um caminho sem volta de desestabilização emocional e espiritual. Assim, fica a pergunta: Qual o seu grau de satisfação com você mesmo?

De todas as formas de cobrança, a que mais machuca e castiga é a que exercemos sobre nós mesmos.

+++ Autorresponsabilidade: a chave para viver uma verdadeira transformação

Constantemente, nos colocamos em uma posição onde não podemos fraquejar e temos que demonstrar força e controle o tempo todo, porém, isso é humanamente impossível. Ser forte não é não sentir e, sim, permitir estar alinhado com a sua verdade. Você é um ser completo e tudo que você precisa mora dentro de você. A autocobrança geralmente surge do desejo de se superar, ultrapassar algo ou alguém e este sentimento pode ser, por muitas vezes, cruel. Acolher as nossas limitações se torna extremamente importante uma vez que a busca pela perfeição gera frustração e a exaustão emocional é justamente a consequência de tentarmos ser fortes o tempo inteiro.

Eu acredito que um dos caminhos que podem ajudar nesse momento de cobrança pessoal é a busca pelo autoconhecimento. O conhecimento pessoal vai muito além de “nos entendermos”, é sobre uma percepção pessoal mais profunda, um trabalho diário, no qual nos tornarmos cada vez mais conscientes de nós mesmos e do todo, e assim conseguimos nos enxergar e tomar decisões conectadas ao nosso interior.

+++ Nutrição do corpo e da alma: práticas diárias elevam sua vibração e promovem equilíbrio para sua vida

Quando tomamos consciência do que somos, nos tornamos cada vez mais coerentes com o que acreditamos, conseguimos trazer para o mundo, para nossas relações e para nós mesmos, mais amor, respeito e confiança, e este é o bem mais precioso que podemos compartilhar com o mundo e as pessoas que nos cercam.

Todas as experiências da nossa vida existem para nos ajudar a evoluir e encontrar a nossa melhor versão. Somos constantemente convidados a questionar as nossas crenças e encontrar o verdadeiro aprendizado por trás das situações que a vida nos propõe. Existe um propósito maior por trás de tudo e muitas vezes o que julgamos como ‘’não deu certo’’, pode ser um grande livramento.

É preciso trabalhar a confiança e acreditar que sempre estamos onde precisamos estar.

+++ Porque temos tanta dificuldade de nos concentrar para meditar e como podemos melhorar?


Muito tem se falado sobre a importância do autoconhecimento... Mas como chegamos a ele? A essa resposta que Marina Repetto, nutricionista (do corpo e da alma) e especialista em Ho'oponopono, nos guiará em sua mais nova coluna aqui na Bons Fluidos Digital todas as sextas-feiras, às 12h.

Último acesso: 20 Oct 2021 - 14:27:20 (1045759).