Testeira
  coluna-jamar-tejada   / ALIMENTOS FUNCIONAIS x NUTRACÊUTICOS x NUTRICOSMÉTICOS

Nutricosméticos, nutracêuticos e alimentos funcionais: o que são e para que servem? Entenda!

A diferença entre os nutricosméticos, nutracêuticos e alimentos funcionais pode parecer complicada, mas não é; Jamar Tejada esclarece tudo sobre os suplementos

JAMAR TEJADA Publicado quarta 15 dezembro, 2021

A diferença entre os nutricosméticos, nutracêuticos e alimentos funcionais pode parecer complicada, mas não é; Jamar Tejada esclarece tudo sobre os suplementos
Nutricosméticos, nutracêuticos e alimentos funcionais - REPRODUÇÃO

Muitas pessoas falam erroneamente: “Estou tomando as cápsulas da beleza, aquele medicamento para a pele!” ou então “O único medicamento que faço uso é o zinco!”. Ao contrário do que grande maioria acredita eles não são considerados medicamentos, são, na verdade, nutricosméticos e nutracêuticos. Há, ainda, uma terceira classificação, os alimentos funcionais. Quando falamos em medicamentos estamos falando em produtos com a finalidade de diagnosticar, prevenir, curar doenças ou então aliviar os seus sintomas.

+++ Pensamentos negativos realmente influenciam nossa saúde? Terapias alternativas atuam bloqueando pensamentos ''tóxicos''

Mas quais as diferenças entre nutracêuticos, nutricosméticos e alimentos funcionais?

Considerados como as pílulas da beleza, os nutricosméticos são suplementos ou complementos alimentares criados pela indústria cosmética, em parceria com a indústria de alimentos, apresentados na forma de cápsulas, shakes ou sucos prontos para o consumo a fim de suprir as necessidades diárias de vitaminas e minerais. O propósito é proporcionar benefícios para a beleza, ou seja, são complementos para uma alimentação habitual, já que a falta de nutrientes resultante de uma alimentação em desequilíbrio, tão comum nos dias de hoje, pode provocar doenças e refletir na aparência dos cabelos, pele e unhas.  

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inclui os nutricosméticos na categoria de alimentos funcionais, alimentos esses que afetam beneficamente uma ou mais funções alvos no corpo, além de possuir os adequados efeitos nutricionais, sendo relevante tanto para o bem estar e a saúde quanto para a redução do risco de uma doença, ou ainda podemos  defini-los como alimentos ou bebidas que, consumidos na alimentação cotidiana, podem trazer benefícios fisiológicos específicos, graças à presença de ingredientes fisiologicamente saudáveis.

COMO SURGIRAM

Lançados pelo Japão na década de 80, através de um programa de governo que tinha como objetivo desenvolver alimentos saudáveis para uma população que envelhecia e apresentava uma grande expectativa de vida, os alimentos funcionais fazem parte de uma nova concepção de alimentos e têm sido cada vez mais introduzidos no nosso dia a dia.

Para serem considerados alimentos funcionais, estes devem apresentar algumas características

- Devem ser alimentos convencionais e serem consumidos na dieta normal; 

- Devem ter efeitos benéficos além do valor nutritivo, efeitos que aumentem o bem estar e a saúde e que reduzem o risco de doenças; 

- Devem ser compostos por componentes naturais; 

- Suas propriedades funcionais devem ter embasamento científico; 

- Pode ser um alimento natural ou um alimento no qual um componente tenha sido retirado ou modificada; 

- Pode ser um alimento no qual a bioatividade de um ou mais componentes tenha sido modificada. 

E O TERMO NUTRACÊUTICO, ao que se refere?

Outro termo que passou a ser comum nos nossos dias é o termo nutracêutico. Vários artigos citam que a revolução nutracêutica começou nos anos 80, ocasionada pelos estudos clínicos publicados em jornais médicos comprovando os benefícios clínicos da ingestão oral de cálcio, fibras e óleo de peixe. Nutracêuticos definem uma ampla variedade de alimentos e componentes alimentícios com apelo médico ou de saúde, com uma ação que varia do suprimento de minerais e vitaminas essenciais até a proteção contra várias doenças infecciosas. Os nutracêuticos podem abranger nutrientes isolados, suplementos dietéticos e dietas para alimentos geneticamente planejados, alimentos funcionais, produtos herbais e alimentos processados tais como cereais, sopas e bebidas. 

+++ Medicina Ortomolecular: medicina integrativa que busca equilíbrio entre corpo, mente e espírito

ALIMENTOS FUNCIONAIS x NUTRACÊUTICOS x NUTRICOSMÉTICOS

A diferença entre alimentos funcionais, nutracêuticos e nutricosméticos está no objetivo.

Para os nutracêuticos, a prevenção e o tratamento de doenças são os dados mais relevante;

Para os alimentos funcionais, o que importa é apenas a redução do risco da doença;

Para os nutricosméticos, o que importa é o apelo para a beleza.

Além disso, os alimentos funcionais sempre serão apresentados na forma de um alimento, diferente dos nutracêuticos e nutricosméticos, que podem ter apresentação de cápsulas, gomas, shakes ou sucos.

Alguns exemplos de nutracêuticos  e  nutricosméticos mais utilizados no mercado farmacêutico

Polypodium leucotomos 

As cápsulas do extrato dessa plantinha, da família das samambaias administrado por via oral diminui a fototoxicidade induzida por UVA, a pigmentação e danos na pele, previne o fotoenvelhecimento e protege o DNA celular de eritemas (inflamação causada pela exposição excessiva aos raios ultravioleta). Seu uso pode ser associado a clareador multifuncional com protetor solar, em caso de manchas existentes na pele. 

Usado no tratamento de vitiligo. Também indicado como cicatrizante, antioxidante, preventivo de câncer de pele, imunomodulador, estimulante cerebral e anti-inflamatório. Por apresentar ação estimulante cerebral, pode auxiliar em casos de Alzheimer. 

Pomegranate ou extrato de romã 

O extrato de Pomegranate, cujo nome científico é Punica granatum contém antioxidantes únicos que protegem as células endoteliais (células que recobrem o interior dos vasos sanguíneos) contra o dano oxidativo. Atua como cardioprotetor prevenindo contra possíveis danos às paredes vasculares, promovendo níveis saudáveis de pressão sanguínea e aumentando o fluxo sanguíneo para o coração. Previne a aterosclerose, através da diminuição das placas de ateroma nos vasos sanguíneos. 

Recentemente, pesquisadores investigaram a utilização do extrato Pomegranante como agente quimioprotetor e adjuvante no tratamento do câncer de mama. Seu extrato é rico em ácido elágico que também tem atividades antivirais e antibacterianas. Outros estudos mostram a atividade anticancerígenas nas células do câncer de mama, esôfago, pele, cólon, próstata e pâncreas. 

Estudo realizado com o extrato de Pomegranate em uma concentração expressiva de antioxidante com a suplementação de 200mg por dose, foi capaz de diminuir a pigmentação causada pela radiação UV8. 

Luteína e Zeaxantina 

Luteína e zeaxantina são carotenoides importantes para a saúde dos olhos e responsáveis por dar cor a alimentos como pimentão e uva. Ambas são antioxidantes potentes e oferecem uma gama de benefícios à saúde. A luteína e a zeaxantina são antioxidantes poderosos que defendem seu corpo contra os radicais livres. 

A luteína e zeaxantina se acumulam na retina, particularmente na região da mácula e atuam como antioxidantes importantes nessa área, protegendo os olhos dos radicais livres prejudiciais. A luteína e zeaxantina também atuam como protetor solar natural, absorvendo o excesso de luz. Elas são famosas por protegerem os olhos da luz azul, prevenindo a degeneração macular relacionada à idade. Outras doenças que podem ser prevenidas com luteína e zeaxantina são catarata, retinopatia diabética, descolamento de olho e uveíte (um tipo de inflamação ocular). 

Glucosamina e Condroitina 

A condrotina é produzida comercialmente pela hidrólise do exo-esqueleto de alguns crustáceos, ou menos frequentemente pela fermentação de alguns grãos, como o milho ou a aveia e a Condroitina pode ser de origem sintética ou extraída da cartilagem de tubarão ou de bovinos. 

A glucosamina, assim como a condroitina são duas substâncias, na forma de suplementos, utilizadas para o tratamento da artrite, artrose, dor nas juntas, pois têm propriedades anti-inflamatórias, ajudando a lubrificar, regenerar e manter a elasticidade das cartilagens nas articulações, reduzindo a dor e a inflamação gradualmente ao longo do tempo. 

Normalmente quando utilizadas juntas, a glucosamina e condroitina agem sobre a cartilagem que reveste as articulações, protegendo e retardando o processo degenerativo e inflamatório da cartilagem, diminuindo a dor e a limitação dos movimentos que geralmente acontecem em doenças que atingem a cartilagem. 

Devido à estimulação na síntese do ácido hialurônico, a glucosamina tem demonstrado acelerar a cicatrização, melhorar a hidratação cutânea e diminuir as rugas. 

Chá verde 

Os seus compostos polifenólicos apresentam significativa ação antioxidante e antiinflamatória. Pacientes tratados com um regime combinado de Green Tea oral e tópico mostraram significativa melhora na elasticidade do tecido cutâneo, avaliado inclusive através de biópsias. 

Chá verde ajuda a emagrecer, previne doenças cardiovasculares e mal de Alzheimer, entre outros inúmeros benefícios. O chá verde é uma bebida feita a partir da planta Camellia sinensis, que também dá origem a outros tipos de chá, como o chá preto, o chá branco e o oolong. Leia mais sobre o chá verde em uma das minhas colunas anteriores. 

Picnogenol 

Uma mistura específica de procianidinas extraídas da casca do pinho marítimo francês “Pinus marítima” rico em bioflavonóides, sendo um potente antioxidante. Sua principal finalidade está relacionada com um fotoprotetor oral, aumento do colágeno e prevenção do envelhecimento precoce. Além disso é indicado no tratamento de manchas escuras da pele causadas pelo sol, pelo melasma, prevenindo o envelhecimento precoce e aumentando a hidratação. 

O picnogenol também apresenta eficácia clínica e efeitos rápidos em pacientes com insuficiência venosa crônica e microangiopatia venosa.  

Polifenois do Cacau  

Flavonóides do Cacau em pó contribuem para a fotoproteção endogênica e melhoram a circulação sangüínea da derme e sua hidratação. J Nutr. 136:1565-1569, June 2006. 

Principais vitaminas e minerais que atuam sobre os efeitos anti-aging 

Vitamina C- Suporte antioxidante e co-fator necessário na hidroxilação da hidroxiprolina no colágeno e na elastina. 

Vitamina E- A suplementação de antioxidantes, incluindo a Vitamina E, está associada à melhora das rugas, entre outros benefícios cutâneos. 

Selênio-Componente antioxidante protetor das células contra o dano UV-induzido, oxidação do DNA e peroxidação lipídica. 

Zinco-Componente requerido na síntese de DNA e de proteínas. Peles ásperas, e com a cura de ferimentos prejudicada, são associadas à deficiência de zinco. 

Silício orgânico 

O suplemento alimentar de silício orgânico tem muitos benefícios para a saúde por ter ação antioxidante, além de estimular a produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico, que são fundamentais para manter o bom funcionamento da pele, ossos e articulações. 

As principais indicações do silício orgânico são: 

-Rejuvenescer e aumentar a elasticidade da pele; 

-Tonificar e reestruturando a pele, atenuando as rugas e linhas de expressão; 

-Fortalecer as unhas e o cabelo; 

-Fortalecer as articulações, melhorando a mobilidade e a flexibilidade; 

-Melhorar a saúde dos ossos, já que contribui para a calcificação e mineralização óssea; 

-Reforçar a parede das artérias, tornando-as mais flexíveis 

-Prevenir o envelhecimento precoce; 

-Fortalecer o sistema imunológico. 

Graças à ciência, dispomos hoje de inúmeros nutracêuticos no mercado que nos ajudam a driblar a carência nutricional em tempos modernos.

Raros são aqueles que conseguem manter em homeostase todos seus níveis de vitaminas, sais minerais e aminoácidos seja por causa da correria do dia a dia ou mesmo pela má qualidade dos alimentos mediante desgaste de solo entre outros fatores. Enfim, nada substitui uma boa refeição, mas se a ciência está aí para nos dar uma mãozinha, por que não? Procure um profissional da saúde e tenha orientação de quais suplementos seriam mais indicados ao seu organismo, lembrando que apesar de parecerem inofensivos é necessário cautela no consumo dos mesmos, pois há contraindicações sim! Faça o melhor por você e saúde!


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

Último acesso: 24 Jan 2022 - 04:11:33 (1046334).