Testeira

Insônia X tratamentos naturais: usufrua do poder dos fitoterápicos, dos Florais de Bach e dos óleos essenciais

Na coluna desta semana, Jamar Tejada ensina métodos de melhorar a qualidade do sono sem precisar de medicações alopáticas, conhecidas como 'tarja preta'

JAMAR TEJADA Publicado quarta 4 novembro, 2020

Na coluna desta semana, Jamar Tejada ensina métodos de melhorar a qualidade do sono sem precisar de medicações alopáticas, conhecidas como 'tarja preta'
Além da famosa infusão de Camomila, outras opções naturais podem auxiliar no combate à insônia - Unsplash

Difícil quem nos dias de hoje não sofre com ela: a insônia!

De acordo com estudo realizado antes do quadro da pandemia pela Associação Brasileira do Sono cerca de 73 milhões de brasileiros tinham dificuldade para dormir, imagine agora...

Mas antes de falarmos sobre a “querida” insônia, precisamos entendê-la! Ela pode ocorrer de duas formas: pela dificuldade em começar a dormir ou pela dificuldade em manter-se dormindo. E qual a maior consequência? Com certeza o cansaço ao longo do dia e todas as suas vertentes: irritação, falta de atenção e até mesmo depressão.

+++ Da mesma forma que fazemos dieta alimentar, devemos fazer uma 'dieta de más notícias'

Toda pessoa tem seu ritmo biológico e qualquer quebra nesse ciclo pode desregular o hormônio indutor do sono: a melatonina.

Primeiramente é importante saber que algumas pessoas naturalmente dormem menos que outras, mas nem por isso quer dizer que ela sofra de insônia. Algumas criaturas não dormem porque são ansiosas, estressadas por natureza, outras porque fazem uso de medicamentos que interferem diretamente no sono (como por exemplo os inibidores de apetite, infelizmente tão comuns no nosso país), outros porque sofrem com barulho, seja da obra interminável acontecendo na frente da sua casa, ou pelo vizinho no andar de cima que parece caminhar com tamanco de madeira em plena madrugada, ou mesmo porque o colchão é uma porcaria, ou porque sentem dor ou então porque tem muita claridade no quarto, ou porque perdeu um ente querido, está cheio de dívidas, rompeu um relacionamento, desempregado... Enfim, os motivos podem ser muitos e qualquer um dos citados acima pode ser o estopim para a insônia, mas mesmo assim são mais simples de se resolver porque se sabe o motivo!

+++ VEJA TAMBÉM: ''O grande problema é que queremos tratar a insônia e não a pessoa insone, e aí que está a diferença''

Mas se você não se encaixa em nenhum desses acima, ou seja, sua falta de sono não tem causa definida, é hora de buscar ajuda de um profissional!

Para se livrar do problema, a saída mais rápida tem sido as medicações alopáticas conhecidas por serem 'tarja preta' que, a curto prazo, podem ser mesmo funcionais, principalmente quando há um fator de estresse muito grande que a desencadeia. O problema ocorre quando se acostuma com a droga inserida na rotina sem interrupções, e o organismo começa a entender que não há necessidade de produzir naturalmente os hormônios indutores sono - já que os mesmos já virão através da medicação, criando um ciclo vicioso que pode ser perigoso... Um caminho sem volta.

Para não cair na dependência dos tarjas preta -- ou para fugir dela, os tratamentos naturais podem ser até mais eficazes, além de muito mais seguros a longo prazo e podem tratar diferentes fases e etapas da vida, com nenhuma ou pouquíssimas contra-indicações e sem deixar o organismo “preguiçoso”.

MAS ANTES...

O que indico antes de fazer uso desses é praticar o que chamamos de “Higiene do Sono”, que é: nada mais, nada menos, que uma série de dicas práticas que você pode introduzir no seu dia a dia que pode fazer toda a diferença na hora de colocar em prática a contagem dos carneirinhos.

1- Tente manter regularidade nos horários de deitar e levantar da cama, mas somente vá para a cama quando já estiver com sono. Não fique na cama sem dormir. Fazer isso pode gerar mais estresse e piora o quadro da insônia!

2- Cama é local sagrado, foi feita para dormir, embora outras atividades bem interessantes possam ser exercidas... Cama não é lugar para exercitar a mente com leitura, assim como não é lugar para alimentar-se ou ver televisão! 

3- Crie um ritual de relaxamento antes de se deitar: um banho quente, um chá calmante ou leite morno, diminua a luminosidade do ambiente, pingue algumas gotas de óleos essenciais relaxantes no quarto... Crie toda uma atmosfera!

4- Evite alimentar-se antes de dormir, assim como consumir bebidas álcoolicas e de cafeína pelo menos 6 horas antes do seu horário de sono.

5- Embora seja difícil evitar, tente cortar os cochilos durante o dia, procurando manter seu dia bem ocupado; os cochilos  atrapalham seu sono à noite.

6- Pratique atividades físicas regularmente, isso vale não só para a insônia, mas para todos os seus primos: ansiedade, irritação, depressão...

7- Tenha cuidado com o jantar: Escolha fazer uma boa e leve refeição após às 18h evitando alimentos gordurosos que podem atrasar o processo digestivo.

FITOTERÁPICOS

Depois de reeducar-se com essa nova e nada fácil “postura higiênica”, caso ainda não tenha ajustado os seus ponteiros, alguns fitoterápicos como Valeriana, Camomila, Passiflora e Melissa podem te ajudar, podendo ser consumidos em infusões das folhas, ou mesmo manipuladas em cápsulas, ou na forma de extrato fluído ou tintura. Lembrando que mesmo sendo naturais possuem algumas contra-indicações, por exemplo, a valeriana e a passiflora não são indicadas para gestantes, e a melissa em caso de hipotireoidismo ou de tratamento com hormônios tireoidianos. Ela aumenta o efeito desses hormônios, portanto, nesses casos, deve ser evitada.

Não gosta de plantas? Você ainda tem outras opções:

Florais de Bach:  As essências Florais de Bach são extratos líquidos naturais e altamente diluídos obtido de flores, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em que vive. O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções, buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior. 

Óleos essenciais: Quando inalados, os óleos essenciais chegam ao hipotálamo, região do cérebro que controla as emoções. Para usá-los, basta pingar duas gotas em um recipiente com água fervendo e deixá-lo no quarto de dormir. Os óleos mais utilizados para o tratamento da insônia:

• Lavanda: possui ação sedativa, que ajuda a relaxar a mente e o corpo;
• Bergamota: atua no sistema nervoso central, controlando o estresse e a ansiedade; 
• Camomila: tem propriedades calmantes, para manter a mente relaxada;
• Manjerona: sua ação sedativa dá conforto e tranquiliza o corpo;
• Vetiver: age relaxando a mente, diminuindo o estresse e a insônia.

As opções de tratamento natural para insônia são muitas. É impossível você não encontrar alguma que te ajudará nesse processo. De qualquer forma, na próxima vez que ela chegar não mais a convide para uma xícara de café!

Boa noite!


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

ACESSEM OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+++ Pessoas negativas e o impacto na sua saúde mental, espiritual e física

+++ Probióticos podem combater do mau hálito ao câncer

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jamar Tejada (@tejard) em

Último acesso: 25 Nov 2020 - 05:36:56 (1043738).