Testeira
  coluna-jamar-tejada   / Mudando os padrões

DEPRESSÃO: abra as janelas do quarto e deixe a luz do Sol entrar na sua vida

Na coluna desta semana, o farmacêutico naturopata Jamar Tejada fala sobre depressão e as formas naturais de começar a tratar a doença

JAMAR TEJADA Publicado quarta 23 dezembro, 2020

Na coluna desta semana, o farmacêutico naturopata Jamar Tejada fala sobre depressão e as formas naturais de começar a tratar a doença
Abra a janela da sua vida, da sua mente, da sua alma e para começar sua cura da depressão! - Freepik

Pandemia chegou, se instalou, bem folgada, feito aquela tia chata do interior que veio só para almoçar e acabou ficando para o fim de semana e, com ela, os problemas que antes já existiam se tornaram ainda maiores e mais confusos. Aquele emprego que você vivia reclamando e que agora morre de medo de perder, isso se já não o perdeu, a dieta que você vivia tentando foi por água abaixo, afinal já que não se sabe o que será o amanhã, eu quero mais é comer, relacionamentos de longa data que antes se sustentavam porque existia espaço tempo, agora trancafiados 24 horas juntos, se redescobrem, o que faz levar ao fim... Se você não passou por uma dessas experiências na pandemia, com certeza conhece quem passou. Ninguém parece ter mais paciência para se “autoentender”, quanto mais para entender o outro. As criaturas estão mais fechadas em seus mundinhos, umbigos e perdidas com a incerteza do amanhã, estamos mais estressados, irritados, ansiosos e infelizmente muitos de nós estão depressivos.

Mas não confunda ansiedade com depressão, existe uma diferença bem grande aí.

Ansiedade é quando você se importa muito com tudo; depressão é quando você não se importa com nada, ao ponto de querer sentir qualquer coisa. Aí já está um dos grandes perigos da depressão, não saber identificá-la, tanto para quem sofre como para quem vive ao redor. O depressivo é esperto... Aos olhos dos outros até parece feliz, mas ele não se sente feliz, atrás de uma bela risada pode se esconder um choro na alma. Esse falso sorriso é uma proteção para quem não quer ficar dando satisfação dos seus sentimentos.  

Ainda há um segundo problema: quando a criatura é diagnosticada como deprimida, muitas vezes os mais próximos diminuem o problema. Não ridicularize a situação! Não faça pouco caso de quem está sofrendo, essa criatura está doente! O ridicularizar só agrava o problema, tenha certeza que o depressivo vai rir com você junto da situação, mas como disse, é um truque, ele sabe que rir é a forma mais rápida de se livrar de você, faz de conta que tudo é uma grande piada!

Como quase toda doença, a depressão tem uma causa. Geralmente ela veio a partir da ansiedade ou da tristeza profunda gerados por algum problema com as pedras no caminho de nossa existência. A depressão é a ferida aberta na ponta do dedão pelo tropeço, que por descuido, nessa pedra você bateu. Muitos a tratam com antidepressivos, medicamentos que tratam a dor da depressão, mas que não curam os sentimentos de culpa e nem tratam a angústia da solidão. Se você toma ou pensa em tomar antidepressivos para curar o que a gerou, isso não vai acontecer, não existe medicamento mágico que faça desaparecer as pedras do caminho. Estar triste é estar desapontado com alguém ou consigo mesmo, é estar cansado de certos padrões de repetições que não conseguimos nos desvencilhar, é descobrir-se frágil num dia qualquer sem um motivo específico, faz parte da vida, é necessário passar para verdadeiramente crescermos.

Quando você tem pedras que são facilmente removíveis e mesmo assim você não tem vontade de cruzar o caminho, assim como não tem vontade de olhar pra dentro de si pra descobrir o que há de errado, provavelmente seu interior se acostumou tanto com essa tristeza, ansiedade, amargura a ponto de modificar internamente até seu ritmo hormonal, seu corpo parou de produzir a felicidade, fechou os receptores dessa felicidade e você precisa voltar a sentir esse sentimento, entender que existe um sentimento diferente que não é esse de ser e estar vazio, há luz no final do túnel, permita-se se ajudar!

Mas como?

usque ajuda profissional, mas por favor comece a se ajudar, o tratamento começa dentro de sua própria casa, aliás é o mais importante! 

Primeiro passo: força pra levantar da cama! Levantou? Agora arrume essa cama! Coloque o travesseiro no sol, ali na janela! Agora parta para a cozinha e comece a mudar sua alimentação, retire do armário e geladeira todo alimento inflamatório: farinha branca, refrigerantes, açúcar, embutidos, enfim, os industrializados e artificiais... Tudo aquilo que você sabe que não presta! Se sabe disso, porque eles continuam ali? Pare de se sabotar!

Faça uso de probióticos! Mais de 95% da serotonina, hormônio da felicidade é produzida ali no seu intestino, pelas suas bactérias do bem. O fato de você ser uma pessoa que tem funcionamento intestinal regular não necessariamente quer dizer que sua flora intestinal é uma flora positiva e caso não seja regular a probabilidade de estar recheado de “bactérias do mal” que prejudicam essa produção é quase que total. E como melhorar o seu intestino? Aumente a ingestão de fibras, consideradas prebióticas. Elas não são digeridas e estimulam seletivamente a proliferação da população de bactérias saudáveis, do bem e inibem a multiplicação de patógenos, melhorando não só a produção de serotonina, mas ajudando na absorção de nutrientes de forma a realmente tratar nosso organismo. Alguns alimentos ricos em fibras prebióticas são a cebola, alho, alho-poró, aspargos, chicória (sobretudo as raízes), dente-de-leão, banana, cacau, farelo de trigo, semente de linhaça, aveia, batata yacon e algas marinhas (como ágar-ágar, kombu e nori). 

E como fazer uso de probióticos?

Você pode encontrá-los no iogurte, de preferência orgânicos, que possuem mais probióticos, no picles, Kefir, azeitonas curadas, Kimchi (prato coreano a base de repolho, recheado de bactérias que produzem ácido láctico, que ajuda para que o sistema digestivo fique mais reforçado), Miso (feito a partir da fermentação da soja, cevada ou arroz com a ajuda do fungo Koj ) vinagre de maçã, chucrute (tradicional prato alemão também feito a partir de repolho), lembrando que esses alimentos devem ser consumidos de forma variável. Se você comer, por exemplo, quilos de chucrute não vai equilibrar seu intestino, aliás pode prejudicá-lo, então varie, um pouco de tudo isso que citei diariamente vai te ajudar e muito!

Não tem paciência ou então tem pavor desse tipo de alimentos? Parta então para o uso de cápsulas de probióticos, que aliás fazem parte da minha rotina de cuidado nutricional há anos e que podem conter uma variedade muito maior de lactobacilos e bifidobacteriuns (probióticos). Converse com seu médico, nutricionista ou farmacêutico para montar a melhor fórmula probiótica específica ao seu organismo. Mas basta isso? Probióticos e boa alimentação? Não! Mas esses citados você já deve começar pra ontem, afinal são simples mudanças na rotina de seus hábitos diários, assim como a prática da meditação, que nunca é tarde para aprender e exige disciplina e silêncio interno!

Toda força extra é válida no tratamento dessa doença! O uso de florais de Bach e de Saint Germain e óleos essenciais tratam e buscam também seu reequilíbrio! Para cada caso um tipo específico de floral, assim como no uso da aromaterapia! Fuja de fórmulas florais prontas vendidas em balcões de farmácias e drogarias, busque ajuda de um terapeuta floral. Era isso? Não! Ainda tem mais, a antiga homeopatia e a fitoterapia são chaves essenciais para abertura desse quarto de luz!

Mas qual homeopatia e qual fitoterapia? Posso citar alguns fitoterápicos como a Kawa- Kawa, hipérico, valeriana e mulungu, que são plantas utilizadas há décadas para esse tipo de tratamento. Mas lembre-se que fitoterápicos assim como homeopáticos, apesar de menos agressivos, são medicamentos, precisam de prescrição, de dosagem certa, um simples erro pode agravar seu estado depressivo. Portanto, busque sempre auxílio profissional!

Enfim, os tratamentos são muitos. Antes de cair nos medicamentos alopáticos permita-se novas tentativas menos agressivas, converse com seu profissional, quem sabe uma simples plantinha, ou um simples probiótico já não te ajude a pular as pedras do caminho?

As opções de chaves são muitas, as portas estão ali esperando serem abertas, depende de você dar esse primeiro passo. Pare de fingir sorrisos e busque ajuda de quem mais pode te ajudar: você mesmo! O mundo não se alinha com o mundo da forma que você acha que deveria ser, você não pode mudá-lo, mas você pode mudar o mundo que existe dentro de você!

Abra suas janelas! 

JAMAR TEJADA


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

ACESSEM OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+++ Antioxidante, anti-inflamatório, anti-hipertensivo, antidiabético e antimutagênico: conheça mais sobre o Chá Verde

+++ Autoamor: um exercício que exige disciplina constante

Último acesso: 16 Apr 2021 - 11:01:30 (1044057).