Testeira

Vai viajar? Hipnose pode te ajudar a perder o medo do avião em três passos; saiba como

Na coluna desta semana, o hipnoterapeuta Charles Bueno mostrou como é possível vencer o medo da aeronave de uma maneira pouco conhecida; confira

CHARLES BUENO Publicado segunda 20 dezembro, 2021

Na coluna desta semana, o hipnoterapeuta Charles Bueno mostrou como é possível vencer o medo da aeronave de uma maneira pouco conhecida; confira
Vai viajar? Hipnose pode te ajudar a perder o medo do avião em três passos; saiba como - Freepik / Racool_studio

O medo de avião é comum e muitas pessoas preferem passar horas, até mesmo dias, na estrada a embarcar numa aeronave.

É a chamada aerofobia. E como sabemos que toda fobia é um medo irracional que gera sintomas físicos e emocionais, como ansiedade, sudorese excessiva, náuseas, tremores, dentre outras manifestações que podem ser tratadas a toque de caixa com o uso de calmantes, como se trata de algo persistente, é preciso abordar a fobia em todos os seus aspectos para buscar a cura.

Abaixo, confira como a hipnose pode te ajudar a superar o medo de avião a partir de três passos.

Perdendo o medo de avião em três passos

1º passo: Investigação

Primeiro, é preciso investigar a fundo o motivo que desencadeou aquele medo – seja ele qual for. Depois, ao compreender os pensamentos e emoções que impedem um voo com tranquilidade, é hora de começar a trabalhar para melhorá-los. Com a hipnose é possível encontrar no subconsciente o que levou a essa fobia através de uma metodologia que vai buscar a positividade frente às situações que geram medo e fobia.

Assim, o fóbico vai conseguir domar os pensamentos negativos e interromper as reações a essas emoções para enfim, controlar o transtorno através da mudança no padrão de comportamento que estão pré estabelecidos na mente e causam tamanho medo. Isso tudo acontece através da concentração e do relaxamento que são possíveis durante o estado de transe.

2º passo: Ressignificação

Feitas essas alterações, fica mais fácil ressignificar emoções e as formas de agir para que uma pessoa consiga então entrar em um avião sem medo. Nessa etapa é possível mudar o enquadramento de uma situação e alterar o seu significado, por exemplo: encarar um avião como algo bacana que possibilita o acesso ao mundo todo, capaz de proporcionar novas experiências e oportunidades ao invés de olhar aquilo como um transporte perigoso. 

3º passo: Enfrentar 

O passo seguinte é aceitar que os riscos fazem parte da vida de todos os indivíduos e é preciso enfrentá-los. Após feita a reprogramação mental e a detecção do momento traumático que causou a fobia, se torna natural transformar isso em uma experiência de aprendizado e o reequilíbrio da tranquilidade. Daí, sim, é hora de marcar uma viagem e aproveitar!

Gostou das dicas? Agora basta se programar e embarcar. Boa viagem!


Até ler esse texto você já tinha se dado conta da importância da hipnose? Já tinha parado para pensar que a prática precisa ser desmistificada? Pois é! É por isso que nosso colunista Charles Bueno está aqui! Vamos conversar semanalmente sobre hipnose e todos os seus benefícios para a saúde mental e física!

Instagram: @charlesbuenohipnologo

www.masteremhipnoseclinica.com.br

Último acesso: 22 Jan 2022 - 19:57:48 (1046364).