bonsfluidos/amp   / Medicinas Alternativas

Yasmin Brunet relata como se curou com medicinas alternativas: ''Nenhum médico sabia o que eu tinha''

A filha de Luiza Brunet relatou como tratamentos alternativos a ajudaram a superar um dos momentos mais difíceis de sua vida

Bons Fluidos Publicado quinta 23 abril, 2020

A filha de Luiza Brunet relatou como tratamentos alternativos a ajudaram a superar um dos momentos mais difíceis de sua vida
Yasmin Brunet falou sobre como se curou de enxaquecas constantes - Instagram

Yasmin Brunet fez um longo relato sobre como se curou de problemas de saúde que ela mesmo descreveu como "uma das experiências mais difíceis da minha vida".

Em um vídeo compartilhado em seu canal no YouTube, a filha da atriz Luiza Brunet relatou momentos de desespero quando passou a ter enxaqueca constante por dois meses, no entanto, mesmo indo os melhores especialistas, não conseguiu descobrir o diagnóstico. 

"Fui para vários médicos neurologistas, fiz todos os exames, tomava remédios e nada melhorava", destacou. 

Ela relatou que, por conta das dores de cabeça, não conseguia comer ou dormir e o quadro acabou desencadeando uma depressão: "Eu acordava e dormia com dor de cabeça [...] eu estava desesperada, chorando, achando que a minha vida seria para sempre assim. Eu não tinha vontade de viver". 

Após sentir muita dor em um dia chuvoso, Yasmin e a mãe foram a um neurologista no Rio de Janeiro. Depois de realizar exames para detectar  se havia meningite, o médico desabafou para ela: "Infelizmente, eu não posso te ajudar. Isso é horrível para eu reconhecer como médico, mas eu não posso te ajudar porque você não tem nada. Todos os seus exames estão limpos".  

"Comecei a achar que eu estava enlouquecendo e que essa dor de cabeça era uma viagem minha, mas era muito sofrido", desabafou. 

Foi então, que o médico orientou que ela fizesse terapias alternativas como acupuntura e shiatsu, técnicas milenares originárias de povos orientais para auxiliar no tratamento de doenças. 

"Esse médico me falou que eu poderia ter gerado essas dores em mim por estar somando estresse, medo e ansiedade. Eu tenho certeza que isso foi verdade porque assim como essa dor veio e ficou dois o três meses, ela foi embora", revelou. 

Após viver esta experiência, ela passou a crer ainda mais em como os problemas sentimentais podem desencadear sensações físicas que se desenvolvem e acabam virando problemas sérios de saúde: "Ao mesmo tempo que você tem o poder de se adoecer, você tem o poder de se curar também". 
 

Último acesso: 29 Nov 2021 - 19:02:08 (1042604).