Você sabia? Risco de desenvolver câncer de mama diminui em até 25% com a prática de exercícios físicos

Só no ano de 2020, a INCA estimou 66.280 novos casos diagnosticados de câncer de mama

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado sexta 23 outubro, 2020

Só no ano de 2020, a INCA estimou 66.280 novos casos diagnosticados de câncer de mama
Você sabia? Risco de desenvolver câncer de mama diminui em até 25% com a prática de exercícios físicos - Foto de Nathan Cowley no Pexels

O câncer de mama é uma doença que preocupa grande parte das mulheres de todo o mundo. Em decorrência disso, foi criado o o Outubro Rosa, campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero.

+ VEJA: Chá de casca de cebola ajuda a tratar sintomas de gripes e resfriados; veja como preparar

Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), foi estimado que, em 2020, haveria 66.280 novos casos diagnosticados de câncer de mama, sendo o número médio de mortes de 17.572 mil mulheres e 189 homens.

Existe saída? Quais são os métodos preventivos? Levar uma vida saudável é, com certeza, a maneira mais eficaz de evitar futuras doenças. Porém, comprovadamente, o risco de se desenvolver câncer de mama diminui em até 25% com a prática de exercícios físicos. O dado foi compartilhado pelos profissionais Alexandre Abilio de Souza Teixeira, doutorando no laboratório de Imunometabolismo do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, e Loreana Sanches Silveira, pós-doutoranda no laboratório de Imunometabolismo do Instituto de Ciências Biomédicas também da USP, em matéria publicada pelo portal Catraca Livre.

+ VEJA: Dado preocupante: Obesidade entre pessoas com mais de 20 anos mais que dobra em 16 anos

Além de prevenir o câncer de mama, as atividades físicas recorrentes para pacientes que foram diagnosticados com a doença são responsáveis por melhorar a fadiga relacionada ao câncer, condição frequente para pacientes que passam por tratamentos quimioterápicos e que têm suas capacidades funcionais comprometidas.

Os exercícios físicos para pacientes ainda fortificam a musculatura, melhoram a capacidade aeróbia, diminuem os sintomas da baixa auto-estima, ansiedade e, muitas vezes, depressão, além de controlarem o peso corporal.

Último acesso: 25 Nov 2020 - 07:41:01 (1043681).