bem-estar   / Esperança

Vitória! Aos 99 anos, brasileiro que lutou na 2ª Guerra Mundial se recupera do coronavírus

O militar se tornou o brasileiro mais velho a se curar da COVID-19

Redação Bons Fluidos Publicado quarta 15 abril, 2020

O militar se tornou o brasileiro mais velho a se curar da COVID-19
Brasileiro mais velho a se curar do coronavírus tem 99 anos - Raphael Max/Ministério da Defesa

A pandemia do coronavírus atingiu o mundo todo, causou mortes em larga escala, principalmente em pessoas do grupo de risco, e fez muita gente redobrar os cuidados na hora de sair de casa.

O bom é que, em meio a tantas notícias difíceis, existem também as boas. 

Nesta terça-feira, 14, Ernando Piveta, de 99 anos, ex-combatente da Força Expedicionária Brasileira (FEB), recebeu alta no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, e se tornou o brasileiro mais velho a se curar do coronavírus!

Ele recebeu o diagnóstico, ficou internado por oito dias, sofreu com as dores e afirmou que se curar da COVID-19 foi “foi maior do que vencer" na Segunda Guerra Mundial -- que aconteceu entre os anos 1939 e 1945.

“[É uma situação] mundial, não local. Eu saí dessa luta vencedor”, disse o ex-combatente.

Sua saída do hospital foi acompanhada de aplausos da equipe médica que o atendeu e pelo soar de um trompete.

O interessante é que, por coincidência, Piveta pôde voltar para casa justo no dia em que foram celebrados os 75 anos da Tomada de Montese, na Itália, que contou com a contribuição dos brasileiros na luta contra o nazismo.

Vale lembrar que o Brasil foi o país latino-americano mais afetado pelo vírus. Até o momento, 25.758 casos foram confirmados, 14.026 recuperados e 1.557 mortes. O ministério da Saúde prevê que a doença chegue ao pico entre o final de abril e início de maio.

Último acesso: 07 Jul 2020 - 12:01:30 (1042561).