bem-estar   / Pés de bebê

Pés rachados? Não lixe! Especialista ensina como tratar o problema e explica as causas

Desagradável esteticamente e algumas vezes motivo de dores, as rachaduras nos pés podem ser causadas por diversos fatores, confira as dicas da farmacêutica Karina Soeiro para evitar a condição na pele 

Bons Fluidos Publicado segunda 20 setembro, 2021

Desagradável esteticamente e algumas vezes motivo de dores, as rachaduras nos pés podem ser causadas por diversos fatores, confira as dicas da farmacêutica Karina Soeiro para evitar a condição na pele 
Saiba como tratar os pés rachados com dicas de uma especialista - Unsplash/ Lina Kraftsoff

A rachadura nos pés é um problema que até hoje afeta muitas pessoas e apesar de serem pequenas fissuras na pele, elas podem causar grandes incômodos ao ponto de haver sangramentos na região.

Suas causas podem variar de acordo com a rotina de cada pessoa,  como a falta de hidratação nos pés, idade e o uso frequente de sapatos abertos, como chinelos ou sandálias. A Mestre em Ciências Farmacêuticas pela USP e consultora em desenvolvimento de dermocosméticos, Karina Soeiro, explica por quais motivos isso ocorre em nossa pele. 

“Quando expomos a pele dos pés ao solo ou andamos com chinelos ocorre um estímulo para a produção de queratina e no intuito de proteger essa região a pele fica mais grossa. Isso é justificado pela camada a mais que possuímos nos pés e nas mãos, chamada de camada lúcida, que engrossa a pele pelos estímulos, aumentando a produção de queratina e dificultando a manutenção da hidratação desse tecido. Assim levando a rachaduras progressivas que causam desconforto e até a infecções sérias”, conta a especialista.

+++ Energia renovada! Sensitiva ensina escalda-pés com sal grosso e manjericão para relaxar e afastar negatividade

Além disso, deve-se também avaliar se as rachaduras na região dos pés, podem ser causadas por doenças sistêmicas, como a diabetes e o hipotiroidismo que costumam causar problemas de cicatrização, já que nestes casos pequenos e simples machucados costumam demorar mais tempo para obter uma recuperação por completo.

A farmacêutica também explica que as rachaduras nos pés são um problema dermatológico extremamente comum entre as pessoas, mas que podem ser facilmente resolvidas com alguns cuidados diários.

Não lixe os pés: ao remover com frequência camadas da pele do pé através do uso de lixas, você acaba estimulando a produção de mais queratina, por um mecanismo próprio de proteção do nosso corpo (assim como quando expomos os pés ao atrito, quando não usamos calçados), tornando essa pele mais espessa e facilitando o aparecimento de rachaduras e desidratação ao longo do tempo.

Afine a pele grossa dos pés: para realizar o processo de esfoliação da pele é indicada a utilização de substâncias queratolíticas, como a ureia em altas concentrações e/ou ácidos. Os ácidos salicílico e lático ajudaram na remoção do excesso de queratina, afinando a camada mais externa da pele, permitindo assim a sua hidratação e cicatrização profunda.  É importante lembrar de lavar as mãos após a aplicação deste tipo de produto, que por conterem insumos queratolíticos em altas concentrações, podem levar a descamação das mãos caso permaneçam na pele.

+++ Sensitiva Márcia Fernandes dá dicas de escalda pés energéticos para cada dia da semana

Hidratação: é importante a aplicação de cremes hidratantes diariamente, porém quando os pés já estão rachados eles não são suficientes. Para prevenção deste problema a aplicação de um bom hidratante já é suficiente, uma boa dica é aplicar o produto antes de dormir e utilizar meias de algodão, que ajudarão na penetração de ativos desta formulação. 

Utilize calçados fechados e confortáveis: uma das causas mais frequentes das rachaduras nos pés é o constante atrito provocado quando se anda sem proteção, por isso a utilização de palmilhas confortáveis e calçados fechados são indispensáveis para proporcionar leveza e conforto aos pés, e prevenir este problema.

Último acesso: 23 Jan 2022 - 08:15:58 (1045736).