bem-estar   / Qualidade do sono

Não adianta vendar os olhos! Sensores na pele humana podem sentir luminosidade, segundo cientistas

Além dos olhos, a nossa pele é capaz de identificar a presença de luz no ambiente durante o sono

Bons Fluidos Publicado quarta 31 março, 2021

Além dos olhos, a nossa pele é capaz de identificar a presença de luz no ambiente durante o sono
A luz que entra no seu quarto pode ser determinante para a qualidade do seu sono - Pexels

Você pode estar pensando que dormir com as luzes apagadas melhora a qualidade do sono porque ninguém merece claridade nos olhos durante a noite, certo? Sim! É verdade que luzes, sejam elas artificiais ou naturais, atrapalham na hora de dormir, mas e se você vendar os olhos, será que o problema é resolvido? Não!

Isso porque, cientistas descobriram que a pele humana possui sensores capazes de captar luzes e este é um motivo crucial para você dormir em ambientes completamente escuros. Além dos olhos, nossa pele pode saber quando é dia e quando é noite se você dormir em ambientes abertos.   

+ VEJA TAMBÉM: Você come os fios da banana? Saiba porquê eles são importantes e DEVEM ser consumidos

Pesquisa

Uma equipe de pesquisadores da Europa e dos Estados Unidos mostrou que um tipo de molécula de proteína encontrada em muitos tecidos humanos diferentes pode responder à luz. A descoberta levanta a possibilidade intrigante de que os humanos possam detectar a luz através da pele além dos olhos.

Margaret Ahmad, da Universidade de Paris VI, França, e seus colegas se concentraram em uma classe de proteínas fotorreceptoras chamadas criptocromos, que são ativadas pela luz nas plantas e desencadeiam uma série de respostas fisiológicas, como maturação de sementes e desabrochar de folhas. Os criptocromos também são encontrados em insetos e mamíferos, incluindo humanos. Mas até agora ninguém sabia se os criptocromos humanos reagem à luz.

 

Último acesso: 16 Apr 2021 - 08:14:25 (1044656).