bem-estar   / Lavagem nasal

Lavagem nasal em crianças: especialista lista 10 fatos sobre a prática e sua importância

O Dr. Ricardo Godinho, otorrinopediatra explica 10 fatos sobre lavagem nasal nas crianças e ensina as mamães como fazer o procedimento corretamente principalmente com a volta às aulas presenciais.

Bons Fluidos Publicado quinta 14 outubro, 2021

O Dr. Ricardo Godinho, otorrinopediatra explica 10 fatos sobre lavagem nasal nas crianças e ensina as mamães como fazer o procedimento corretamente principalmente com a volta às aulas presenciais.
Especialista listou 10 fatos sobre a lavagem nasal em crianças - Freepik/ user18526052

O nosso nariz funciona como um filtro, bloqueando a entrada de parte de micro-organismos e de partículas prejudiciais ao corpo, como as de poluição, que estão no ar.

Por isso, fazer uma higiene completa dessa estrutura com métodos que possibilitam a liberação de grandes volumes de líquido é muito relevante para ajudar a manter a saúde do organismo e melhorar a qualidade de vida, já que a dificuldade para respirar é muito incômoda. E isso é ainda mais válido quando se fala de crianças, já que nem todas sabem assoar o nariz adequadamente.

A Lavagem nasal de Alto Volume já é um hábito comum em outros países que está chegando e ganhando mais espaço no Brasil.

Veja alguns detalhes sobre esse processo. 

+++ Mask Mouth: saiba como evitar problemas nos dentes e mau hálito devido ao uso de máscaras

1. Ele também tem ação preventiva, pois retira de dentro do nariz da criança vírus e bactérias que podem ser transmitidos para outras pessoas e provocar problemas. “Isso inclui o coronavírus”, diz o otorrinopediatra Ricardo Neves Godinho, professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais e coordenador da subespecialidade de otorrinopediatria do Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte.  

2. É indicado lavar o nariz dos pequenos diariamente, especialmente depois que eles voltam da escola, onde têm contato com muitas outras crianças. Nessas situações, a lavagem nasal de alto volume, um novo método de lavagem nasal é importante porque auxilia na eficácia da lavagem, pois é o único método que lava por completo a adenoide.

 3. Segundo Godinho, no caso das que sofrem com alguma doença respiratória ou estão em uma crise, como rinite ou mesmo um resfriado, é interessante repetir o processo entre duas e três vezes ao longo do dia, aliviando os sintomas e diminuindo a necessidade de remédios. 

4. É interessante que o produto usado para fazer essa higienização tenha a capacidade de esguichar grandes volumes de líquido sem exagerar na pressão, para que faça a lavagem completa do nariz e da adenoide. 

5. A quantidade de líquido indicado varia dependendo da idade da criança.

+++ Memória fraca a baixa sensibilidade nas mãos: 7 sinais que indicam carência de vitamina B12

6. O ideal é utilizar produtos vendidos especificamente para esse fim, ao invés de usar água ou soluções caseiras. 

7. Durante o processo, é indicado que o rosto fique inclinado levemente para o lado e a boca aberta. 

8. O líquido deve entrar por uma narina e sair pela outra. 

9. Quando o clima está seco e frio, a lavagem nasal é ainda mais recomendada. “Isso porque, nessas épocas acontece a inversão térmica que faz com que os poluentes fiquem mais tempo em contato com a mucosa nasal”, explica Godinho. 

10. Algumas pessoas têm o nariz naturalmente mais seco, o que costuma provocar desconforto e aumentar o risco de desenvolver uma doença respiratória. Nesses casos a lavagem é usada para manter a sua mucosa mais úmida.

Último acesso: 22 Oct 2021 - 09:21:38 (1045849).