bem-estar   / Quarentena

Idosos em quarentena devem seguir rotina de autocuidado especialmente com os pés, diz especialista

Podóloga deu dicas de autocuidado para idosos durante a quarentena

Manequim Publicado quinta 2 abril, 2020

Podóloga deu dicas de autocuidado para idosos durante a quarentena
Idosos devem cuidar das pernas e pés durante quarentena - Pixabay

Na melhor idade, a pele tende a ficar mais fina e delicada na região das pernas e pés, exigindo algumas medidas de prevenção de problemas, como inchaços, ressecamento e rachaduras, que são bem comuns nesta fase da vida especialmente em períodos de quarentena.

Pensando nisso, Malu Pinheiro, podóloga e coordenadora técnica da Doctor Feet, selecionou dicas valiosas para auxiliar nos cuidados diários no período de afastamento social e reforçou que a aplicação destas dicas pode evitar a necessidade de idas ao médico.  

No atual cenário, precisamos evitar problemas recorrentes que exijam a saída dos idosos de suas casas”, alerta. Veja abaixo quais cuidados devem ser incluídos na rotina:

  • Após o banho seque bem os pés com toalha ou pano seco e finalize com uma toalha de papel que ajuda a remover toda a umidade entre os dedos para evitar frieiras e micose;
  • Corte as unhas dos pés regularmente e em linha reta, mas não muito curtas. Caso haja dificuldade ou se o dedo já estiver machucado, apenas lixe-as;
  • Mantenha a hidratação das pernas e pés com cremes hidratantes específicos, mas evite aplicá-los entre os dedos. Use os produtos toda noite, após o banho;
  • Nos dias de clima mais ameno, use meias de algodão após a aplicação do creme;
  • Não tome banhos muito quentes para que a proteção natural da pele seja mantida;
  • Use meias de algodão e que não sejam apertadas, para melhor absorção do suor e evitar odores e/ou lesões;
  • Prefira sapatos confortáveis, porém com solado firme, que ajudem na sustentação e alinhamento dos pés;
  • Não use calçados antigos, deformados ou rompidos pois eles não te darão a correta sustentação durante o deslocamento e podem provocar acidentes dentro de casa;
  • Dê preferência para calçados de fecho com velcros, é mais fácil de abrir e fechar;
  • Coloque os pés para cima sempre que possível para estimular o retorno sanguíneo e a melhora da circulação;
  • Não lixe os pés, o atrito excessivo resulta no espessamento a médio e longo prazos, e em alguns casos agrava o ressecamento causando rachaduras.
  • Faça um exercício simples: movimente o pé para cima e para baixo e depois rotacione vagarosamente por aproximadamente 10 minutos, diariamente. A atividade facilita a circulação e ajuda a combater o inchaço.

Último acesso: 30 Nov 2020 - 01:33:14 (1042496).