bem-estar   / Não se preocupe

Calma, vai dar tudo certo! Estudo aponta que 91% das nossas preocupações não se concretizam

Cientistas da Pennsylvania State University constataram que quase nenhuma preocupação acaba se materializando

Bons Fluidos Publicado quarta 21 julho, 2021

Cientistas da Pennsylvania State University constataram que quase nenhuma preocupação acaba se materializando
Muitas vezes nos preocupamos à toa - Pexels/ Andres Ayrton

Quem nunca se sentiu preocupado ao perceber que o filho ainda não voltou do passeio ou a mãe não telefonou esta semana? É comum nos perguntarmos: 'será que aconteceu alguma coisa?' e enquanto a resposta não chega, não conseguimos pensar em outra coisa, a não ser no pior. 

A preocupação é um sentimento comum ao ser humano que todo mundo já experimentou em diversos momentos da vida, no entanto, um estudo recente apontou que na massiva maioria das vezes, nos preocupamos à toa!

Pesquisadores da Pennsylvania State University, nos Estados Unidos, fizeram uma constatação que pode nos deixar mais aliviados: 91% das nossas preocupações nunca se materializam. 

+++ A Arte da Guerra: 7 ensinamentos do filósofo chinês Sun Tzu sobre liderança e planejamento

Sofremos por antecipação em vão!

Os pesquisadores acompanharam as preocupações mais recorrentes de um grupo de pessoas e constatou que quase nenhuma destas aflições viraram fatos e que estes pacientes se preocupavam à toa na maioria das vezes. 

Embora a preocupação seja um instinto natural do ser humano de não confiar no cérebro e dar atenção à emoção, o excesso destes pensamentos perturbadores pode desencadear desequilíbrios emocionais como depressão e ansiedade. 

Em entrevista à BBC Internacional, o psicólogo Jesús Matos, professor do Instituto Superior de Estudos Psicológicos (Isep) e diretor da clínica En Equilibrio Mental de Madrid (Espanha) destacou o perfil de pessoas que sofrem com ansiedade desencadeada pelo excesso de preocupações: "O paciente com ansiedade generalizada é alguém que não começa a se preocupar de repente, mas é alguém que pensa assim durante toda a vida". 

+++ Simpatia ajuda a vencer a timidez e viver de forma mais leve; veja como fazer

A pandemia contribuiu ainda mais para a preocupação constante especialmente relacionado ao medo de que um familiar ou a própria pessoa contraia a Covid-19 e quando esta preocupação passa dos limites e impede que a pessoa tenha uma vida normal, é necessário procurar ajuda médica para gerenciar essas emoções. 

 

 

Último acesso: 24 Jul 2021 - 05:30:40 (1045388).