Azeite quente no ouvido é boa opção para aliviar dores e infecções?

Saiba qual é a opinião de alguns especialistas sobre o tratamento caseiro para a otalgia (dor de ouvido)

Redação Bons Fluidos Publicado segunda 1 junho, 2020

Saiba qual é a opinião de alguns especialistas sobre o tratamento caseiro para a otalgia (dor de ouvido)
Saiba as verdades e os mitos sobre a prática - Freepik

A dor de ouvido é um desconforto muito comum, que grande parte da população já sentiu alguma vez na vida.

A otalgia, problema que atinge principalmente as crianças, está tão presente na rotina de muitas famílias, que diversos tratamento caseiros são conhecidos para aliviar o desconforto que ela causa.

Um deles, talvez o mais conhecido e utilizado, é o método do azeite quente. Há quem diga que colocar um pingo do líquido aquecido no ouvido pode aliviar o desconforto, mas será que isso é verdade? Sim e não.

Por que "sim e não"? Porque especialistas divergem nas opiniões sobre esse assunto.

É EFICAZ OU NÃO?

O site do Drauzio Varella conversou com a Dra. Jeanne Oiticica, médica otorrinolaringologista e chefe do Grupo de Pesquisa em Zumbido do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), para desvendar alguns mitos e verdades sobre a otalgia e um dos tópicos abordados foi exatamente esse.

De acordo com a profissional, a técnica é realmente eficaz, desde que o azeite seja aquecido antes. "Assim, a dica é molhar um algodão com azeite e pingar uma gota no ouvido", constatou.

Já de acordo com uma matéria do UOL VivaBem, que teve como fonte três especialistas no assunto (André Fraga Moreira, otorrinolaringologista do Hospital Albert Sabin de São Paulo; Edson Ibrahim Mitre, presidente da Sociedade Brasileira de Otologia e Raimar Weber, otorrinolaringologista pediátrico do Sabará Hospital Infantil), o consenso foi de que o método caseiro não é a melhor maneira de se aliviar a dor.

E por quê?

Segundo os profissionais, o que ajuda a melhorar o incômodo não é o óleo, em si, mas o calor, por aumentar a circulação local. Por isso, o mais indicado é usar uma compressa morna, com pano seco e limpo, sobre a orelha (sempre com um cuidado especial para não esquentar demais).

Ao pingar o azeite no ouvido, há grandes riscos de queimadura, de agravamento do quadro (dependendo do que for) e até mesmo de perda de audição.

O que todos os profissionais concordaram foi, claro, que a melhor opção é a procura por um profissional da área médica o mais rápido possível!

Último acesso: 09 Jul 2020 - 15:29:54 (1042817).