bem-estar   / Saúde dos cabelos

Além de ajudar a relaxar, massagem capilar pode estimular crescimento dos fios

A tricologista Viviane Coutinho fala sobre os benefícios deste método

Bons Fluidos Publicado quarta 2 junho, 2021

A tricologista Viviane Coutinho fala sobre os benefícios deste método
Veja os benefícios da massagem capilar - Freepik

 As massagens são velhas conhecidas por proporcionarem sensação de bem-estar, sendo capazes de promover diversos benefícios no corpo e eliminar a tensão e estresse do dia a dia. Mas você sabia que existe massagem exclusiva para os cabelos? Além de ser relaxante, a chamada massagem capilar ainda ajuda a deixar os fios saudáveis.

Segundo a tricologista Viviane Coutinho, ao massagear o couro cabeludo, promove-se um estímulo regenerador. 

+ VEJA TAMBÉM: Dá para treinar em casa? Claro! Personal trainer indica acessórios que ajudam nos exercícios em casa

"A massagem possui a capacidade de aumentar o fluxo sanguíneo no couro cabeludo, aumentando também a oxigenação e estimulando os folículos", explica a profissional.

Este método é indicado para queda capilar e replicação através da melhora da oxigenação. 

"Feito por um especialista, o tratamento conta com sessões semanais, que duram de 15 a 30 minutos, por pelo menos um mês. Mas o ideal mesmo são três meses de tratamento para respeitar o ciclo capilar, no caso a fase telógena", afirma. O preço médio de cada sessão custa, em média, 90 reais. 

A massagem capilar pode ser dividida em quatro tipos: muscular, circulatória, linfática e do sistema nervoso, realizadas na nuca, couro cabeludo e têmporas. Mas a técnica, contudo, é uma das várias possibilidades de terapia capilar que um tricologista pode realizar. 

+ VEJA TAMBÉM: Shot matinal: confira 4 receitas para fortalecer a imunidade

“Entre outros métodos populares, estão o detox capilar, a aromaterapia, a argiloterapia, a alta frequência e o microagulhamento – cada um com sua finalidade específica”, aponta Viviane.

“O detox capilar é feito com produtos de limpeza profunda que higienizam, esfoliam e regeneram o couro cabeludo. A aromaterapia, outro procedimento conhecido, utiliza óleos essenciais para tratar patologias também na região do couro cabeludo. Alguns tipos de óleos estimulam a circulação sanguínea, combatem a queda capilar e apresentam ação fungicida e cicatrizante, por exemplo”, completa a especialista.

Último acesso: 02 Dec 2021 - 01:30:20 (1045080).