bem-estar   / Alimentação

5 alimentos que ajudam a deixar a pele resistente contra o sol e a poluição

Médica explica que esses alimentos não substituem o protetor solar, mas incluí-los na dieta pode fornecer um reforço importante na proteção

Bons Fluidos Publicado sexta 17 dezembro, 2021

Médica explica que esses alimentos não substituem o protetor solar, mas incluí-los na dieta pode fornecer um reforço importante na proteção
5 alimentos que ajudam a deixar a pele resistente contra o sol e a poluição - Pexels / Daria Klimova

Você sabia que os alimentos podem ajudar na prevenção de danos ambientais causados pelo sol e pela poluição? O nosso estilo de vida e a rotina alimentar são essenciais para termos uma boa saúde, não só física, mas também oral. Por isso, alguns alimentos são grandes aliados para uma maior resistência da pele. Eles não substituem o protetor solar, obviamente, porém, ajudam a evitar uma degradação do colágeno e auxiliam na formação de proteínas de sustentação.

A médica nutróloga Dra. Marcela Garcez explica seus benefícios e lista 5 alimentos que deixam a pele mais resistente contra o sol e a poluição. 

5 alimentos que ajudam a deixar a pele resistente contra o sol e a poluição

Tomates: um estudo da Universidade de Michigan revelou que o licopeno, um antioxidante encontrado nos tomates, pode ajudar a prevenir queimaduras solares na pele. Os pesquisadores descobriram que as pessoas que consumiram 40 gramas de pasta de tomate por dia (ou seja, cerca de 16 miligramas de licopeno), estavam mais protegidas contra os raios ultravioleta do que aquelas que não consumiram pasta de tomate.

+++ Sobremesa cremosa de morango com gelatina para o Natal, prática e deliciosa! Confira a receita

“Os tomates também contêm um pigmento chamado luteína, que reduz os radicais livres nocivos originados de uma exposição solar sem proteção eficiente, minimizando o risco de um estresse oxidante na pele e de lesões causadas pelo sol”, afirma a Dra. Marcella.

Melancia: A melancia também é uma boa fonte de licopeno, um caratenóide que protege a pele contra queimaduras solares e câncer de pele. “Os raios ultravioletas promovem a formação de radicais livres que podem danificar as células da pele. O licopeno atua como um escudo protetor para defender as células da pele desse ataque. Além do mais, a melancia é 90% aquosa, o que ajuda a manter seu corpo e sua pele hidratados”, afirma a médica.

Frutas vermelhas: com antioxidantes e vitamina C, que podem proteger a pele dos danos do sol, as frutas vermelhas também fornecem nutrientes importantes para a formação das proteínas de sustentação da pele, como colágeno e elastina.

+++ Insolação: como se prevenir da reação aguda pós-sol?

Chocolate Amargo: o cacau é uma excelente fonte de antioxidantes eficazes na proteção da pele contra queimaduras solares e câncer de pele. “O cacau contém quatro vezes mais polifenóis e catequinas do que o chá. Mas não é necessário exagerar: a dose diária de 25 a 30g, ou uma fileirinha da barra de chocolate amargo, já é suficiente”, diz a médica.

Uvas pretas: com antioxidantes, as uvas pretas podem ajudar a bloquear os prejudiciais raios UV, prevenir rugas e aumentar a elasticidade da pele. “A fruta também é uma excelente fonte de Vitamina E que mantém a pele hidratada. Mas o que mais chama a atenção é o resveratrol, um polifenol que tem ação anti-inflamatória, protetora do DNA celular e antioxidante”, afirma a médica nutróloga. Além disso, a vitamina C das uvas ajuda a revitalizar as células da pele.

Último acesso: 24 Jan 2022 - 03:56:01 (1046352).