Mãos ressecadas? Médica dá dicas VALIOSAS para cuidar da pele durante os dias mais secos e após o uso do álcool em gel

Quando o assunto é limpeza das mãos, o álcool em gel passou a ser um dos produtos mais procurados e utilizados pelas pessoas durante a pandemia do coronavírus

Maria Fernanda Favoretto Publicado segunda 30 agosto, 2021

Quando o assunto é limpeza das mãos, o álcool em gel passou a ser um dos produtos mais procurados e utilizados pelas pessoas durante a pandemia do coronavírus
Mãos ressecadas? Médica dá dicas VALIOSAS para cuidar da pele durante os dias mais secos e após o uso do álcool em gel - Freepik

Utilizar máscaras cirúrgicas, evitar ambientes fechados e aglomerações, não tocar os olhos, nariz e boca, e, claro, higienizar as mãos frequentemente. Essas são algumas das indicações recomendadas pelos profissionais e órgãos de saúde para evitar a disseminação e contaminação do coronavírus.

E quando o assunto é limpeza das mãos, o álcool em gel passou a ser um dos produtos mais procurados e utilizados pelas pessoas, tanto por sua eficiência, quanto por sua praticidade, visto que vários lugares como bancos, restaurantes, elevadores, etc., têm um recipiente com o produto à disposição do indivíduo para ele limpar as mãos.

+++ Brasil ultrapassa Estados Unidos em porcentagem da população vacinada com a primeira dose

Apesar da utilidade do álcool em gel quando o assunto é higienização, por outro lado, existe um certo problema que deve ser considerado pelos usuários do produto: o ressecamento das mãos. Somado ao tempo seco, o problema se agrava e o assunto deve ser tratado com atenção.

Em conversa com a Dra. Fernanda Nichelle, médica que atua com exclusividade na área da beleza e estética, a profissional falou sobre as maiores consequências do ressecamento da pele: "A pele seca significa uma alteração na barreira de proteção da pele, ou seja, ela ficará mais frágil e suscetível às dermatites (alergias) e até mesmo às infecções, visto que a coçadura pela xerose (secura) pode através de um pertuito de entrada na pele, levar bactérias das unhas para dentro do corpo humana".

+++ Ora-pro-nobris: conheça os benefícios desta planta nativa, comestível e muito rica em proteínas

O álcool em gel, além de promover o ressecamento das mãos, ainda compromete a oleosidade e proteção naturais da nossa pele. Quem aí também costuma andar com um frasco de álcool em gel na bolsa?

Dra. Fernanda ainda nos deu algumas recomendações para evitar o ressecamento da pele diante do tempo seco e do uso do álcool em gel:

  • Evitar banhos quentes e demorados;
  • Não usar esponjas ou buchas vegetais;
  • Usar óleos de banho ou syndets ao invés de sabonetes;
  • Aplicar hidratante no corpo nos primeiros 15 minutos após sair do banho, quando a absorção será maior do produto pela pele;
  • Ingerir muita água.

Último acesso: 26 Oct 2021 - 22:14:28 (1045639).